PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Gigante do turismo TUI recebe ajuda complementar de 1,2 bilhão de euros

12/08/2020 12h21

Frankfurt am Main, 12 Ago 2020 (AFP) - O grupo alemão TUI, número um do turismo no mundo, anunciou nesta quarta-feira (12) que obteve uma ajuda estatal complementar de 1,2 bilhão de euros (1,4 bilhão de dólares) para enfrentar o impacto da pandemia de coronavírus.

Esta ajuda se soma a uma anterior de 1,8 bilhão de euros.

Este "plano de estabilização de 1,2 bilhão de euros reforça a posição do grupo, fornecendo liquidez suficiente em um ambiente de mercado volátil", disse o grupo em um comunicado.

O auxílio servirá para cobrir as perdas de receita na temporada de inverno, assim como as derivadas de outras restrições de viagem causadas pelo coronavírus, informou o grupo.

O grupo turístico afirma que os auxílios recebidos para estabilizar suas finanças lhe permitem dispor de "liquidez e facilidades de crédito em um total de 2,4 bilhões de euros (cerca de US$ 2,8 bilhões)".

Isso permite ao grupo "se concentrar na atividade operacional" e ao mesmo tempo "acelerar" sua transformação em uma "sociedade de plataforma digital", declarou Fritz Joussen, presidente do conselho de administração da TUI, em nota.

O grupo havia anunciado em abril que planejava cortar 8.000 empregos no mundo, de um total de 70.000, devido ao impacto repentino e maciço da pandemia de coronavírus em sua oferta de hotéis e cruzeiros.

Desde o levantamento das restrições de viagem para a maioria dos destinos europeus, a TUI "se beneficiou de uma retomada parcial do programa para o verão", segundo a nota.

jpl/ylf/bh/bc/mis/mb/aa

TUI AG

Notícias