PUBLICIDADE
Topo

Ford Bronco: novo SUV é apresentado e chega ao Brasil em 2021

do UOL

Vitor Matsubara

Do UOL, em São Paulo (SP)

13/07/2020 21h19

Resumo da notícia

  • Bronco foi um dos 4x4 mais amados da história dos EUA
  • Carro terá versões jipe e SUV, esta última chamada de Bronco Sport
  • Mercado brasileiro pode ter Bronco Sport já no ano que vem

A Ford revelou hoje (13) a nova família Bronco. A volta de um dos maiores ícones da história da marca nos Estados Unidos se dará em três versões: duas voltadas para o off-road pesado (com duas e quatro portas) e uma com pegada de SUV - esta última com grandes chances de ser vendida no Brasil.

O Bronco será um jipe raiz feito para encarar o Jeep Wrangler e, por que não, o Land Rover Defender. Feito sobre a base da Ranger, ele é indicado para encarar todos os tipos de obstáculos, sobretudo fora do asfalto.

Já o Bronco Sport aproveita a plataforma do Escape e tem uma carroceria do tipo monobloco. Assim, fica claro que esta versão é voltada para quem prefere um carro mais confortável e que possivelmente não o utilizará em trilhas - como quase todos os compradores de SUVs.

Bronco Sport tem porte de Compass

Bronco Sport - Divulgação - Divulgação
Bronco Sport é cotado para chegar ao mercado brasileiro
Imagem: Divulgação

O Bronco Sport tem 4,38 metros de comprimento, 2,08 m de largura (incluindo os espelhos retrovisores), 1,78 m de altura e distância entre-eixos de 2,67 m. As dimensões, aliás, o aproximam bastante de modelos como o Jeep Compass.

São duas opções de motorização: as versões mais baratas terão um 1.5 EcoBoost turbo de três cilindros e injeção direta, entregando 184 cv a 6.000 rpm e 26,3 kgfm a 3.000 rpm. A transmissão é automática de oito marchas.

A configuração mais cara será movida por um 2.0 EcoBoost turbo de quatro cilindros, capaz de render 248 cv a 5.500 rpm e 38 kgfm a 3.000 rpm. O câmbio também é automático de oito velocidades, mas com opção de trocas sequenciais.

Vem para cá?

A fabricante não confirma, mas são grandes as chances de o Bronco ser vendido no Brasil. O escolhido seria o Bronco Sport, que é feito sobre a plataforma do Escape - que também pode vir para cá em versão híbrida.

No caso do Bronco Sport, o SUV médio "ocuparia" o lugar do Ford Fusion - pelo menos na faixa de preço em que o sedã atuava, já que os modelos pertencem a segmentos distintos.

Um 4x4 de verdade

Bronco - Divulgação - Divulgação
Bronco traz ótimos ângulos de entrada e saída e outros atributos para o off-road
Imagem: Divulgação

Já o Bronco parece que será capaz de causar dor de cabeça ao Jeep Wrangler.

Segundo a Ford, ele tem a maior distância do solo (24,9 cm) e melhor curso de suspensão da categoria. Os ângulos de entrada e saída são de 29 graus e 37,2 graus, respectivamente. A capacidade de imersão é de até 85 cm.

Haverá duas opções de motorização: 2.3 EcoBoost de 274 cv e 42,9 kgfm de torque máximo e 2.7 V6 EcoBoost, capaz de entregar 314 cv e 55,3 kgfm.

O Bronco pode ter transmissão manual de sete marchas (com a sétima marcha voltada para percursos off-road) apenas no 2.3 ou automática de 10 marchas (disponível nas duas motorizações). Ambos trazem tração nas quatro rodas.

As caixas de transferência são operadas eletronicamente, com opção de sistema pode ser automático, distribuindo automaticamente o torque entre as rodas. Os diferenciais dianteiro e traseiro podem ser bloqueados de forma eletrônica e todas as versões contam com caixas de redução.

Lançamento só em 2021

O Ford Bronco 2021 começa a ser produzido nos Estados Unidos no ano que vem, partindo de US$ 29.995. O carro já está em pré-venda e pode ser reservado mediante o pagamento de um sinal de US$ 100.

Novos detalhes serão divulgados nos próximos meses. Por ora, a Ford antecipa que serão sete versões, incluindo uma configuração chamada First Edition.

Ao contrário do Bronco Sport, o Bronco tem poucas chances de ser vendido no mercado brasileiro. Se viesse para cá, enfrentaria a concorrência de Jeep Wrangler e Land Rover Defender.

Notícias