PUBLICIDADE
Topo

Sentra zero é 'patinho feio', mas vira 'pão quente' no mercado de usados

Nissan Sentra 2015 na cor preta é a recomendação da MegaDealer para lojistas por conta da margem de lucro e também do maior giro do sedã usado no estoque das concessionárias - Divulgação
Nissan Sentra 2015 na cor preta é a recomendação da MegaDealer para lojistas por conta da margem de lucro e também do maior giro do sedã usado no estoque das concessionárias
Imagem: Divulgação
do UOL

Alessandro Reis

Do UOL, em São Paulo (SP)

08/07/2020 04h00

À espera da nova geração, apresentada há pouco mais de um ano na China, o Nissan Sentra pode ser considerado um "patinho feio" no mercado brasileiro de sedãs médios zero-quilômetro: tem suas virtudes, mas não é muito lembrado pelo consumidor.

No acumulado de 2020, o modelo da Nissan é apenas o sétimo mais vendido da categoria, ficando atrás até de sedãs de marcas premium como Mercedes-Benz Classe C e Audi A3 Sedan - consideravelmente mais caros.

Para se ter uma ideia, as vendas do líder Toyota Corolla de janeiro a junho totalizam 16.975 unidades e correspondem a quase 30 vezes o volume de emplacamentos do Sentra no período (604).

No mercado de usados e seminovos, porém, a situação é bastante diferente.

O Estudo de Performance de Veículos Usados, realizado pela consultoria MegaDealer em parceria com a plataforma AutoAvaliar, recomenda a concessionários aponta o carro da Nissan como a compra mais vantajosa para posterior revenda, considerando o segmento de sedãs médios.

A pesquisa levou em conta mais de 650 mil operações realizadas em mais de 2.000 concessionárias de todo o Brasil.

Segundo a MegaDealer, o Sentra vende "como pão quente" e é o modelo recomendado na respectiva categoria em termos de margem de lucro e tempo de estoque. Nesses quesitos, supera Honda Civic, segundo colocado, além de Volkswagen Jetta (3º), Chevrolet Cruze (4º) e o próprio Corolla - que ficou em quinto lugar.

Ou seja: se você tem um Sentra para vender ou dar como entrada na aquisição de um veículo zero-quilômetro, as chances de obter melhor preço na negociação são, em tese, maiores.

Nissan Sentra SL 2.0 2014 - Murilo Góes/UOL - Murilo Góes/UOL
Versão SL do Nissan Sentra 2015 pode ser equipada com teto solar e traz rodas de liga leve de 17 polegadas
Imagem: Murilo Góes/UOL

A configuração específica mais vantajosa para as concessionárias, considerando apenas a Região Sudeste, é do modelo 2015, na cor preta. O valor médio de compra é de R$ 39.793, com margem bruta de lucro de 10,5%.

O tempo médio de permanência em estoque é de 59 dias - contra média geral de 69 dias no mês de maio.

"Se aparecer um Sentra para ser avaliado, a concessionária tem de comprar porque o giro desse carro é muito bom", recomenda Fabio Braga, country manager da MegaDealer no Brasil.

Para Braga, um dos motivos para o bom desempenho do Nissan, sobretudo no que se refere ao tempo de permanência na loja, é o preço mais acessível.

"Esse giro alto acontece por conta do preço, bem abaixo dos concorrentes. A depreciação do Sentra é maior ao longo dos anos", analisa.

Como é o Nissan Sentra 2015

Nissan Sentra S M/T 2014 - Murilo Góes/UOL - Murilo Góes/UOL
Versão de entrada S do Sentra 2015 é a única equipada com transmissão manual; as demais têm CVT
Imagem: Murilo Góes/UOL

O Sentra 2015 é sempre equipado com motor 2.0 flex aspirado, capaz de render 140 cv de potência e 20 kgfm de torque. A versão S, de entrada, é a única com transmissão manual - no caso, de seis velocidades.

As demais configurações (SV e SL), mais caras, trazem câmbio automático do tipo CVT.

As versões intermediária e de topo contam com bancos de couro, enquanto o Sentra mais completo pode trazer teto solar.

Toda a gama 2015 traz de série sensor de chave, partida do motor por botão, rodas de liga leve de 16 polegadas (17 no Sentra SL), volante de couro multifuncional, sistema de som com Bluetooth, alarme, banco traseiro bipartido, computador de bordo, lanternas traseiras com LEDs e maçanetas externas cromadas.

A linha 2015 é da sétima geração, a mesma atualmente vendida no País e que chegou ao nosso mercado em 2013.

A oitava geração do Sentra, totalmente remodelada, é cotada para o Brasil, mas ainda não tem lançamento confirmado aqui. Como atualmente, ela viria importada do México.

Confira avaliação do Nissan Sentra 2019:

Notícias