PUBLICIDADE
Topo

Mulher espera namorado viajar a trabalho e 'se livra' de carrão clássico

Chevrolet Impala 1967 - Reprodução
Chevrolet Impala 1967 Imagem: Reprodução
do UOL

Do UOL

Em São Paulo (SP)

29/05/2020 10h52

Nem todo mundo entende e aceita alguns gostos dos outros. No entanto, se o seu hobby não te toma muito tempo e dinheiro, é mais fácil para quem está ao redor conviver com ele. Porém, se a história for inversa, problemas de relacionamento provavelmente irão surgir.

Foi o que ocorreu com um homem nos Estados Unidos. Ele havia adquirido um Chevrolet Impala 1967 em fevereiro de 2019 para restaurar e coloca-lo de volta nas ruas em seu estado original. No início deste ano, ele e sua namorada passaram a morar em uma nova casa com uma garagem com espaço para dois carros e meio. Por estar desmontado, o Impala acabou tomando conta do local inteiro.

Mesmo em uma propriedade grande, a namorada insistia em parar o carro dentro da garagem, o que começou a causar problemas no relacionamento. "Eu tenho aqui muitos lugares agradáveis para estacionar sob árvores frondosas e até mesmo um celeiro", disse o homem, que atende por Jimothyisyouruncle em um fórum do site Reddit.

Após uma discussão, ele foi fazer uma viagem a trabalho. Quando voltou, o carro não estava mais lá.

O homem escreveu: "quando retornei, minha namorada estava toda sorridente. Me fazia comida o tempo todo, fazia todas as tarefas, tudo isso. Pensei que talvez ela estivesse feliz em me receber em casa, mas então percebi que não estava vendo seu carro no local onde ela costumava parar. Perguntei a ela onde ela estava estacionando, para ter certeza de cortar a área e manter o local limpo, e ela disse para eu não me preocupar porque ela estava estacionando na garagem. Eu perguntei como, e ela me disse para ir ver."

"Acontece que, enquanto eu estava fora, ela contratou algumas pessoas para vir e tirar tudo relacionado ao carro - trem de força, carroceria, chassi e todas as peças - e levar ao depósito de lixo local. Fiquei absolutamente pasmo. Eu havia gastado mais de US$ 11 mil (aproximadamente R$ 60 mil) naquele carro, incluindo peças novas, serviços e o próprio carro".

Obviamente, o relacionamento acabou no mesmo momento. Além disso, ele foi atrás de um advogado para recuperar o dinheiro que havia gastado no carro. O carro foi encontrado pela polícia em um ferro-velho próximo à casa. A ação levou à prisão de pelo menos uma pessoa envolvida com o ferro-velho, que afirmou que o modelo não tinha dono.

Notícias