PUBLICIDADE
Topo

O que se sabe sobre ataque armado que deixou ao menos nove mortos em Hanau, na Alemanha

Ataques a tiros aconteceram na cidade de Hanau, no oeste da Alemanha - Reuters
Ataques a tiros aconteceram na cidade de Hanau, no oeste da Alemanha Imagem: Reuters

20/02/2020 06h28

Nove pessoas morreram em dois ataques a tiros em bares na cidade de Hanau, no oeste da Alemanha.

Diversas outras pessoas também ficaram feridas quando um homem disparou contra os estabelecimentos por volta de 22h (horário local) de ontem.

Em ambos os bares, a clientela era predominantemente curda.

Mais tarde, o suspeito foi encontrado morto em casa, junto com o corpo de uma segunda pessoa.

Há uma investigação em andamento, mas a motivação dos ataques ainda não está clara.

O jornal local Bild informou que o suspeito era um cidadão alemão com licença para porte de arma e que foram encontradas revistas sobre munição e armamento em seu carro.

"As investigações sobre a identidade das vítimas e do suspeito estão em andamento", informou um comunicado da polícia.

O incidente aconteceu quatro dias após um ataque a tiros em Berlim que matou uma pessoa perto do Tempodrom, arena de eventos na capital alemã, onde estava sendo realizado um espetáculo de comédia turca.

O que se sabe sobre os tiroteios?

O primeiro incidente ocorreu no bar de shisha (também conhecido como narguilé) Midnight, no centro da cidade de Hanau, cerca de 25 km a leste de Frankfurt. Testemunhas relataram ter ouvido diversos tiros — pelo menos três pessoas foram mortas.

O suspeito teria fugido em um carro de cor escura para o bairro de Kesselstadt, onde abriu fogo contra o Arena Bar & Cafe, matando cinco pessoas no local.

O número inicial de mortos era oito, mas subiu para nove nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira, depois que uma das vítimas não resistiu aos ferimentos.

Os bares de shisha são lugares onde as pessoas se reúnem para fumar narguilé. Tradicionalmente encontrados em países do Oriente Médio e da Ásia, eles também são populares em muitas outras partes do mundo.

Os tiroteios desencadearam uma operação de buscas de sete horas, enquanto os policiais procuravam o que pensavam ser inicialmente vários atiradores.

Em busca por respostas

Por Damien McGuinness, BBC News, Berlim

Até descobrirmos quem era o atirador, é muito difícil entender por que tudo isso aconteceu.

A Alemanha sofreu vários ataques relacionados ao terrorismo nos últimos anos. Mas também foi alvo de vários incidentes graves que foram inicialmente rotulados como terrorismo, mas que estavam ligados ao crime organizado ou a algum tipo de drama familiar.

É por isso que as pessoas aqui são muito cautelosas em tirar conclusões precipitadas.

O fato de os tiroteios terem acontecido em bares de shisha não pode ser visto simplesmente como uma coincidência. Mas ainda é cedo para fazer especulações sobre o que pode estar por trás deles.

Can-Luca Frisenna, que trabalha em um quiosque nos arredores de um dos locais dos tiroteios, disse que seu pai e irmão estavam na área quando o ataque ocorreu.

"Parece um filme, uma piada de mau gosto, que alguém está fazendo uma pegadinha com a gente", disse ele à agência de notícias Reuters.

"Ainda não consigo entender tudo o que aconteceu. Meus colegas, todos os meus colegas, são como minha família — e também não conseguem entender."

Notícias