PUBLICIDADE
Topo

Prefeitura espera receber quase 500 mil pessoas no Sambódromo

19/02/2020 16h01

A prefeitura do Rio espera receber quase 500 mil pessoas nos seis dias de desfile no Sambódromo, na região central da cidade. A capacidade diária é de 70 mil pessoas nas arquibancadas e camarotes. As alegorias começam a ser deslocadas na madrugada de sexta-feira (21) para a Marquês de Sapucaí.

As informações foram dadas pelo secretário de Envelhecimento Saudável, Qualidade de Vida e Eventos do Rio, Felipe Michel, em coletiva hoje (19), para anunciar a operação dos órgãos públicos envolvidos no carnaval como o Centro de Operações Rio, secretarias municipais de Transportes, de Ordem Pública, de Saúde, de Fazenda, Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-Rio), Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb), Guarda Municipal e MetrôRio.

Além da Passarela do Samba, haverá programação na Intendente Magalhães, na zona norte, no Terreirão do Samba, em 76 palcos espalhados pela cidade e nos blocos e megablocos de carnaval.

Segundo o chefe do Centro de Operações Rio, Alexandre Cardeman, há maior preocupação em monitorar o entorno do Sambódromo e fazer o deslocamento dos carros alegóricos. "É uma operação muito complicada que vai até a Quarta-Feira de Cinzas". Ele também informou que serão montados gabinetes de apoio à Operação Carnaval e de tomada de decisões no Sambódromo integrando os diversos órgãos.

A Secretaria Municipal de Saúde terá sete postos na Sapucaí, com 32 leitos, dos quais oito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Cento e vinte e cinco profissionais de saúde vão trabalhar no Sambódromo e 15 ambulâncias serão usadas por dia.

Segundo o Centro de Operações Rio, há previsão de chuva moderada a forte para sexta-feira e sábado (22). No domingo (23), a previsão é de chuva fraca a moderada. A recomendação é levar capa de chuva, não enfrentar alagamentos e usar transporte público para chegar ao Sambódromo.

MetrôRio

O MetrôRio terá esquema especial de funcionamento durante o carnaval. Os trens circularão sem interrupção a partir das 5h de sexta-feira até as 23h59 da terça-feira (25). A partir das 5h de sábado até as 23h59 de terça-feira, as composições da Linha 2 farão o trajeto direto entre a Estação Pavuna e a Estação General Osório, sem necessidade de transferência na Estação Estácio.

Notícias