PUBLICIDADE
Topo

Reino Unido vota em eleição que definirá futuro do Brexit

12/12/2019 09h03

LONDRES, 12 DEZ (ANSA) - Pelo menos 46 milhões de eleitores vão às urnas nesta quinta-feira (12) no Reino Unido para as eleições gerais que definirá o Parlamento na tentativa de encerrar o impasse sobre a saída do Reino Unido da União Europeia, o chamado Brexit. A votação teve início às 7h (horário local) e está prevista para ser finalizada às 22h. A expectativa é que os resultados preliminares sejam divulgados na manhã de sexta-feira (13). Ao todo, estão em disputa 650 assentos no Parlamento britânico, por 650 distritos distribuídos pelos quatro países que formam o Reino Unido: Inglaterra, Irlanda do Norte, País de Gales e Escócia.   

O pleito deveria acontecer apenas em 2022, mas foi antecipado em mais uma tentativa de definir o processo de divórcio que se arrasta há mais de três anos. Essa é a quarta eleição geral em quatro anos.   

De acordo com as pesquisas, o Partido Conservador e o atual primeiro-ministro Boris Johnson são favoritos, e, conforme apontado pelo instituto YouGov, os conservadores devem conquistar 339 das 650 cadeiras da Câmara dos Comuns, cerca de 43% dos votos. Já o principal rival, o Partido Trabalhista, de Jeremy Corbyn, deve garantir 231 assentos, ou 34% dos votos, aparecendo na segunda colocação. A expectativa é que a bancada trabalhista seja menor do que a obtida nas eleições de 2017.   

A sondagem, no entanto, mostrou que todas as possibilidades ainda continuam abertas, principalmente porque o eleitorado de ambos os partidos estão desgastados por causa da "novela" sobre o processo de saída do bloco. No poder desde julho, Johnson aposta na ampliação da bancada conservadora no Parlamento para garantir a aprovação do acordo com a UE, enquanto a oposição busca voltar ao governo após nove anos e convocar um segundo plebiscito sobre o Brexit. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Notícias