Topo

Mesmo cancelado, horário de verão fez muita gente despertar mais cedo

iStock
Imagem: iStock
do UOL

Bruna Alves

Colaboração para o UOL

20/10/2019 23h10

As piadas e memes com a mudança automática de celulares e computadores para o horário de verão, que foi cancelado pelo presidente Jair Bolsonaro, não foram o único efeito da confusão. Neste domingo, muitas pessoas saíram de casa mais cedo por não perceberem que seus aparelhos haviam despertado uma hora adiantado.

Esse foi o caso do supervisor de Cal Center, Everaldo do Valle Júnior, 45. Católico e fiel da igreja Paróquia Santa Mãe de Deus, no bairro Ibes, em Vila Velha (ES), Everaldo costuma frequentar a missa aos domingos com sua esposa Ana Paula, e seus dois filhos, Everaldo Neto 10 anos e Ana Beatriz, de 12.

A missa começa às 7 horas, mas nesse domingo, a família do Valle deveria acordar às 4h40 para chegar à igreja às 6h30, já que os filhos são
coroinhas na comunidade e ajudam na preparação da missa. Porém, não foi isso que aconteceu.

"A minha esposa pôs o celular para tocar, e ele acabou despertando 4h40. Eu acordei todo mundo, mas achei estranho, que estava muito escuro, daí eu liguei a TV e estava passando filme. Depois peguei o meu celular e o meu não teve alteração. Só o meu celular estava com horário diferenciado", conta.

O supervisor relatou ainda que o filho não gostou nem um pouco de ter sido acordado uma hora mais cedo. "Mas o mais engraçado foi o meu filho
reclamando, dizendo que eu que fiz ele acordar cedo. Ele ficou revoltado", conta aos risos.

Por fim, a família despertou e todos ficaram acordados. "Tomamos um belo café da manhã, aguardamos chegar o horário e fomos para a igreja. Um monte de gente fez a mesma coisa, muita gente chegou 6 horasda manhã. Eu acho que o dia vai terminar mais cansativo", finaliza.

A jornalista Silene Silva Dias, 40, moradora de Santos, no litoral sul de São Paulo, também costuma frequentar a missa aos domingos, mas hoje ela foi
surpreendida pelo despertador do celular. Ela conta que sempre coloca o alarme para as 9h20, porque a missa começa às 10h.

"Acordei antes do horário, olhei no relógio e vi que já estava quase na hora para ir na missa, e fui colocar o relógio no pulso, mas olhei a hora e achei que o celular estava errado. Daí eu mexi nele (no celular) e fui colocar a hora certa, depois entendi".

A jornalista disse, ainda, que chegou a ir para a igreja mais cedo. "Eu descobri em casa e falei: eu vou até a igreja, de repente o padre trocou o horário dele depois, mas fui lá e iria começar no horário certo. Acabei indo na missa em outra igreja que começava mais cedo", conta.

Segundo Silene, até agora seu celular não voltou ao horário correto. "Meu celular ainda tá 11 horas e o relógio de pulso 10 horas. Eu espero que volte ao
normal, que eu preciso acordar 5h30 amanhã".

Notícias