Topo

Sem assinar, Johnson envia carta à UE pedindo prorrogação do Brexit

19/10/2019 19h10

Londres, 19 out (EFE).- O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, enviou neste sábado à União Europeia (UE) uma carta solicitando uma prorrogação do Brexit, mas recusou-se a assinar o documento, segundo revelou a mídia britânica.

Na carta, acompanhada por uma segunda, ele afirma que, como primeiro-ministro, não estava pedindo um adiamento da saída da UE.

O premier foi forçado a enviar as cartas depois que o Parlamento aprovou hoje uma emenda que obrigava a solicitar à UE uma prorrogação da retirada britânica.

Com isso, Johnson não levou a diante seu projeto de votação do acordo do Brexit negociado com a UE.

Através do Twitter, Donald Tusk, presidente do Conselho Europeu, confirmou ter recebido a solicitação de Londres para a prorrogação do Brexit e disse que consultará uma resposta com os líderes do bloco comunitário.

"O pedido de extensão acabou de chegar. Agora vou começar a consultar os líderes da UE sobre como reagir", escreveu.

A emenda, impulsionada pelo deputado ex-conservador e agora independente Oliver Letwin, foi apoiada por 322 votos a favor e 306 contra em uma sessão extraordinária na Câmara dos Comuns.

Johnson tinha um prazo até 23h59 (hora local) de hoje para solicitar uma extensão da saída britânica em virtude da Lei Benn, que estabelece a necessidade de pedir uma prorrogação das negociações se não houvesse consenso.

Mais cedo, o primeiro-ministro havia enviado outra carta, desta vez para os deputados britânicos, dizendo que a prorrogação não seria uma solução para a crise.

"Na próxima semana, este governo introduzirá a legislação de que precisamos para deixar a União Europeia com o nosso grande novo acordo em 31 de outubro", afirmou Johnson, na carta enviada aos parlamentares.

A emenda aprovada hoje pretende funcionar como salvaguarda de segurança caso o processo parlamentar da lei do Brexit não seja concluído no próximo dia 31 e evite que o Reino Unido deixe a UE sem acordo. EFE

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Notícias