Topo

Australiano se arrasta por 2 dias após quebrar a perna em uma cachoeira

Neil Parker se recupera no hospital Princess Alexandra, em Brisbane, na Austrália - PRINCESS ALEXANDRA HOSPITAL MEDIA AND COMMUNICATIONS / AFP
Neil Parker se recupera no hospital Princess Alexandra, em Brisbane, na Austrália Imagem: PRINCESS ALEXANDRA HOSPITAL MEDIA AND COMMUNICATIONS / AFP
do UOL

Do UOL, em São Paulo

19/09/2019 10h38

O australiano Neil Parker despencou de uma altura de seis metros em uma cachoeira que estava explorando em Brisbane, no oeste do país. Na queda, o aventureiro de 54 anos quebrou uma das pernas e teve de arrastar o membro ferido por dois dias, até ser resgatado.

Além da perna, Parker também quebrou o punho e perdeu seu celular na queda. Incomunicável, o australiano achou que seria mais fácil ser encontrado se fosse a uma região mais aberta do bosque onde estava.

A travessia foi lenta, angustiante e extremamente dolorosa. Parker avançava um metro e tinha de parar para descansar por causa da perna fraturada. Quando finalmente chegou a um descampado, foi encontrado pela equipe de resgate.

"Não podia acreditar. Foram só três quilômetros, mas demorei dois dias para percorrer. Pensei que nunca chegaria", disse a repórteres do hospital onde se recupera.

Pelos seus planos iniciais, Parker iria fazer uma caminhada de três horas pelo monte Nebo. No entanto, ele acabou caindo de uma cachoeira. Como tem muita experiência neste tipo de aventura, o australiano levava um kit de primeiros socorros com ele.

Ele usou dois bastões de trekking para imobilizar a perna ferida e tomou um analgésico que levava no kit. O problema é que Parker tinha pouca comida, apenas frutas secas e uma barra energética.

Para ter forças e não desistir, Parker afirmou que manteve seu pensamento em sua família.

Após ter sido encontrado, o australiano foi levado de helicóptero a um hospital em Brisbane. Segundo a médica Nicola Ward, ele se recupera bem.

Mais Notícias