Topo

Algoritmos formam a base dos bolos mais exóticos da praça

Leah Eskin

20/08/2019 17h39

(Bloomberg) -- Bolos geralmente são assados em formas circulares, quadradas ou retangulares.

Dinara Kasko rompeu as barreiras geométricas. Usando algoritmos, imagens digitais e impressora 3D, ela cria esculturas comestíveis com dobraduras exatas, terminações pontiagudas ou que podem ser fatiadas em pirâmides. As sobremesas são sensação no Instagram, onde ela tem 630.000 seguidores.

Além de impressionantes, os bolos de Kasko são deliciosos. E agora estão à venda nos EUA.

Na Jonquils Café & Bakery, em Boston, são oferecidas oito versões, incluindo um bolo em formato de um punhado de cerejas (recheado com camadas de mousse de chocolate amargo, confit de cereja e crocante), um em forma de maçã cubista e uma alternativa vegana em formato de alcachofra, preparada com banana, manga, limão, lichia e maracujá sobre base de coco.

Kasko cria os produtos e as receitas e imprime os moldes em um estúdio na Ucrânia. Os bolos da Jonquil são assados em Boston. Durante visita em junho, ela aprovou os resultados e as reações dos clientes, que muitas vezes se mostraram confusos.

"Eles perguntavam ao garçom: 'Isso é um bolo de verdade? Não é de plástico?' Meu maior objetivo é surpreender as pessoas", conta ela.

Sua carreira não começou desafiando a gravidade dos doces. Ela estudou arquitetura e trabalhou com visualização 3D. Em 2013, seu hobby na cozinha começou a fazer sucesso a partir de biscoitos com uva passa. Seis meses depois ela venceu um concurso online com uma pilha cônica de frutas exóticas e chocolate.

"Sou designer e queria fazer algo com meu estilo e minhas ideias", lembra Kasko.

A virada veio quando ela decidiu criar um bolo em forma de pirâmide projetado com software de modelagem. Ela criou um protótipo em madeira e não deu certo. Uma busca no Google por "impressora 3D" a levou a um profissional local que imprimiu a pirâmide. Ela fez o molde em silicone e recheou. "Quando tirei do molde, eu entendi: Agora poderei fazer tudo o que eu quiser", disse Kasko.

De lá para cá, ela criou sobremesas em formas de bolhas, esferas empilhadas e ondas oceânicas, sobrepostas sobre suas "tortas geométricas cinéticas". Kasko geralmente começa com uma ideia ? por exemplo, os picos formados por fluido ferromagnético ? que progride para modelo e impressão. Então, em vez de criar camadas e congelar, como faz a maioria dos boleiros, ela trabalha na direção inversa, de cabeça para baixo: preenche os moldes com mousse, prensa camadas de creme, crocante, frutas e bolo, e depois congela. Em cenas populares em seu canal no YouTube, ela retira o invólucro dos bolos e finaliza com brilho de chocolate ou caudalosa cobertura vermelha.

Kasko planeja ampliar o negócio com uma linha de moldes que serão vendidos na Amazon a partir de setembro (cuidado com as imitações!). Alguns produtos já estão à venda no website dela.

A loja Dinara Kasko Pastry Art será inaugurada em Doha antes do fim do ano e ela está criando um curso online que será lançado em alguns meses. As delícias também são vendidas na Pearls Desserts, em Moscou. Segundo o proprietário Vladimir Perelman, "os fãs de Kasko ? e há bilhões deles ? descobriram que essas sobremesas geométricas complexas são impecáveis não só por fora como também por dentro."

Mais Notícias