Topo

Golfinho com mais de 2 metros é encontrado encalhado em Ubatuba

Equipe especializada teve de ser chamada para resgatar golfinho que ficou encalhado em Ubatuba (SP) - Divulgação/ Instituto Argonauta
Equipe especializada teve de ser chamada para resgatar golfinho que ficou encalhado em Ubatuba (SP) Imagem: Divulgação/ Instituto Argonauta
do UOL

Daniel Leite

Colaboração para o UOL, em Juiz de Fora

17/08/2019 17h05

Um golfinho encalhado na areia chamou a atenção de moradores e turistas na Praia do Itaguá, em Ubatuba (SP). O animal estava cansado e desnorteado. Para salvá-lo, foi necessário chamar uma equipe especializada.

Conhecido como golfinho-de-dentes-rugosos, cientificamente denominado Steno bredanensis, o animal encontrado é adulto, tem 2,38 metros e estava bem de saúde, apesar de um pouco confuso. Segundo os banhistas, ele não conseguia se locomover. Antes da chegada dos técnicos, as pessoas ainda tentaram colocá-lo no mar por duas vezes, mas o mamífero voltou a encalhar na praia.

Ainda na areia, o resgate realizou os primeiros procedimentos de socorro. A soltura imediata no mar seria arriscada para a saúde do mamífero. Por isso, optaram por levar o animal para o Centro de Reabilitação e Despetrolização do Instituto Argonauta, ligado ao Aquário de Ubatuba, para checagem completa das condições dele e realização de exames complementares, sem previsão de colocá-lo de volta na água.

O Instituto Argonauta orienta a população que encontrar animais marinhos mortos ou debilitados a ligar gratuitamente para o número 0800 642 3341.

Golfinhos dessa espécie preferem águas mais quentes e costumam ser vistos, em alto-mar, em grupos de centenas de exemplares, inclusive misturados a baleias. Os alimentos que mais consomem são lulas, peixes e, às vezes, polvos. Um dos perigos mais comuns que correm é ficarem presos por acidente em redes de pesca. O golfinho encontrado na praia de Ubatuba tem o tamanho um pouco menor do máximo que a espécie costuma alcançar, de 2,8m

Mais Notícias