Topo

Chef Henrique Fogaça vive inferno após foto com beijo lésbico no Vaticano

Henrique Fogaça  - Divulgação/Band
Henrique Fogaça Imagem: Divulgação/Band
do UOL

Gilvan Marques

Do UOL, em São Paulo

23/07/2019 04h00

O chef Henrique Fogaça estava de folga no Vaticano, em junho, quando resolveu posar para uma foto com duas freiras brasileiras usando uma camiseta que estampava um beijo na boca entre outras duas religiosas. O episódio, que rendeu muitas críticas e um pedido de desculpas, faz quase um mês. Mas, desde então, a vida do jurado do MasterChef Brasil não foi a mesma.

Os incrédulos certamente vão dizer que tudo não passa de coincidência. O fato é que a má fase de Fogaça começou depois de postar a tal imagem com a legenda "Blasfêmia". De lá para cá, o chef se separou, sofreu um acidente de moto --em que quebrou duas costelas e um dedo-- e voltou ao hospital, diagnosticado com pneumonia, no fim de semana. Relembre, a seguir, os episódios que levaram Fogaça do céu ao inferno.

  • Depois daquele beijo

    Fogaça passeava pelo Vaticano quando disse ter sido abordado por duas freiras brasileiras que pediram a tal foto da discórdia. Pouco depois de postar a imagem usando uma camiseta com duas religiosas se beijando, a polêmica estava armada nas redes sociais.

    Até mesmo o padre Fábio de Mello criticou o chef. Inicialmente, Fogaça apagou o post, mas depois compartilhou de novo a imagem e rebateu as críticas. "Estou vendo muita gente me acusar e falar coisas erradas. Não sou racista e nem preconceituoso. Ser gay é doente? Eu acho que não, né?"

    Não parou por aí. E até a Band divulgou nota dizendo que ouviria o chef sobre o episódio. No dia seguinte, em tom bem mais compungido, Fogaça se desculpou em vídeo. "Somente Deus pode julgar minhas atitudes. E, por essa razão, em respeito ao modo de pensar da minha família, meus amigos e seguidores, venho pedir desculpas." Leia mais

  • Sorte no jogo...

    Dias depois, quando a polêmica com as freiras parecia ter sido esquecida, Fogaça voltou ao noticiário. Desta vez para comemorar a eleição como síndico do condomínio Baronesa de Arary, onde mora na região da avenida Paulista.

    A vitória ocorreu nove meses depois de muitas brigas, acusações pesadas e disputas judiciais. O jogo parecia ter virado para Fogaça, mas muita gente notou que a mulher do chef, a engenheira química Carine Ludovic, que o acompanhou nos outros pleitos, não estava ao lado dele... Leia mais

  • Azar no amor

    No dia seguinte, veio a confirmação da separação do chef e da engenheira química, que estavam juntos desde 2015. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa de Fogaça sem maiores detalhes. O motivo do rompimento, no entanto, permanece mistério até mesmo para amigos próximos, conforme o UOL apurou. Que fase! Leia mais

  • No meio do caminho teve um acidente

    Na semana passada, Fogaça assustou os seus seguidores ao publicar uma foto deitado em uma cama de um hospital, em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo.

    Dono de três restaurantes, o chef havia sofrido uma acidente de moto, um dos seus hobbies quando não está na cozinha, durante um passeio.

    "O resultado dessa brincadeira toda foram duas costelas quebradas. E isso sem se falar no dedo fraturado e no joelho e mãos ralados", disse ele, em mensagem tranquilizando os fãs. Leia mais

  • Zica braba!

    Mas o martírio de Fogaça não parou por aí. Por meio das redes sociais, ele revelou ter voltado ao hospital no último fim de semana, onde foi diagnosticado com um quadro de pneumonia.

    Ele mesmo usou a expressão "zica braba" para definir a fase que tem passado. "Depois das costelas e dedo quebrado... agora aparece uma pneumonia. Deus no comando", suplicou Fogaça. Que Ele tenha piedade do chef! Leia mais

Mais Entretenimento