PUBLICIDADE
Topo

Golaço de Andreas e lesão de Dourado marcam rodada de brasileiros na gringa

Phil Noble/REUTERS
Imagem: Phil Noble/REUTERS
do UOL

Do UOL, em São Paulo

04/03/2019 04h00

O meia Andreas Pereira teve um sábado iluminado no Manchester United. O brasileiro formado nas categorias de base do clube marcou seu primeiro gol pelo Campeonato Inglês. E não foi qualquer gol, mas uma pintura construída a partir de um chutaço de fora da área. Andreas, convocado por Tite pela primeira vez no ano passado, também deu uma assistência para um dos gols de Romelu Lukaku na vitória sobre o Southampton.

Já o atacante Henrique Dourado não teve a mesma sorte de seu compatriota. Em sua estreia no Campeonato Chinês, o ex-Flamengo demorou apenas 26 minutos para marcar seu gol, mas saiu de campo chorando após sofrer uma fatura na perna que o deixará no estaleiro por alguns meses.

Veja alguns destaques brasileiros nos campeonatos pelo mundo.

Foram bem

  • Phil Noble/Reuters

    Andreas Pereira

    O meia mezzo belga mezzo brasileiro teve seu "melhor dia" (segundo ele mesmo) no Old Trafford desde que fez sua estreia como profissional pelo United. Além de marcar um golaço, Andreas deu assistência para Lukaku e foi elogiado pelo técnico norueguês Ole Solskjaer.

  • Laurence Griffiths/Getty Images

    Fred

    O volante que fechou com o United dias antes da última Copa do Mundo começou no banco, mas entrou no lugar do compatriota Andreas. Fred teve um papel fundamental em um jogo difícil em casa: deu uma assistência para o gol da virada sobre o Southampton, marcado por Lukaku. O United venceu por 3 a 2.

  • Alexandre Vidal / Flamengo

    Henrique Dourado

    O atacante correu para estrear pelo Henan Jianye e já marcou ao aproveitar um bate-rebate contra o Dalian Yifang. Mas no final do primeiro tempo, o brasileiro sofreu uma entrada dura, fraturou a tíbia e foi direto ao hospital. Seu clube depois informou ele passará por uma cirurgia.

  • Paul Ellis/AFP

    Richarlison

    Em baixa no Everton, o atacante saiu do banco para dar novo gás ao ataque do time contra o Liverpool no domingo. Com arrancadas pela direita, o ex-Fluminense criou as melhores chances de seu time, mas o clássico de Liverpool acabou ficando no zero a zero. Leia mais

  • Divulgação

    Alan Kardec

    Os dois gols de Kardec contra o Guangzhou R&F salvaram o Chongqing Lifan de uma derrota em casa no Campeonato Chinês. O brasileiro, que no ano passado ficou na vice-artilharia do Chinês, largou na frente na disputa deste ano, mas o jogo terminou empatado em 2 a 2. Leia mais

  • Javier Soriano/AFP

    Vinicius Jr

    No meio da apatia do Real pós-Cristiano Ronaldo, o garoto acabou se tornando o único ponto luminoso. O esquema tático merengue se resume a tocar para Vinicius Jr e esperar que ele invente algo. Na derrota em casa para o Barcelona no sábado (1 a 0), o brasileiro não marcou, mas provou que a renovação do elenco passa por trocar (quase) todo mundo e mantê-lo no comando do ataque. Leia mais

  • Oscar Del Pozo/AFP

    Arthur

    O volante que brilhou no Grêmio vai aos poucos se firmando no meio-campo do Barcelona. Contra o Real, Arthur voltou a ser titular e deu mais mobilidade e volume ao setor de criação catalão. Leia mais

Foram mal

  • Clive Brunskill/Getty Images

    Juan Jesus

    O zagueiro revelado pelo Internacional não é muito conhecido pela torcida brasileira, mas já está há nove temporadas no futebol italiano. Titular da Roma, Juan ficou vendido no lance do primeiro gol da Lazio e foi facilmente envolvido pelos atacantes rivais. Seu time acabou perdendo o clássico por a 3 a 0.

  • Oli SCARFF / AFP

    Bernard

    O atacante que já teve alegria nas pernas quase não apareceu no clássico de Liverpool e ficou em nível abaixo, mesmo entre o limitado time do Everton. O ex-Galo ainda teve chance de fazer um gol, mas chegou atrasado na área ao tentar completar cruzamento de Richarlisson, e o placar acabou zerado. Leia mais

  • Juan Medina/Reuters

    Coutinho

    Jogou só 13 minutos do cássico de sábado contra o Real, mas acabou criticado pela imprensa. Na avaliação do Marca, foi o pior do Barcelona em campo. "Segue sem mostrar seu excelente nível. Interveio pouco e com acertos escassos". Para o Sport, "com Coutinho, nada acontece". "Nos minutos que teve, se desesperou em uma ação na qual se equivocou e em outra, que falhou quando deveria decidir melhor."

  • João Henrique Marques/UOL

    Daniel Alves

    A partida não era super importante, o PSG venceu como se esperava, mas Daniel Alves conseguiu se destacar negativamente contra o Caen, no sábado. O experiente lateral falhou na marcação de uma cobrança de falta e não conseguiu acompanhar o atacante Casimir Ninga, que invadiu livremente área para fazer o primeiro do Caen. O PSG viraria para 2 a 1 com dois de Mbappé. Leia mais

Listas