PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Guimarães: Caixa deve abrir mais 268 agências e contratar mais 4.000 funcionários

Presidente da Caixa, Pedro Guimarães, falou no 93º Encontro Nacional da Indústria de Construção - AFP
Presidente da Caixa, Pedro Guimarães, falou no 93º Encontro Nacional da Indústria de Construção Imagem: AFP

Matheus Piovesana

19/10/2021 21h53

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, disse nesta terça-feira, 19, que a expansão da rede física planejada pelo banco é necessária diante do foco social da instituição, e que a CEF tem um "equilíbrio" para atender a pequenas cidades e a grandes capitais. De acordo com ele, a Caixa deve abrir 268 novas agências, com a contratação de mais 4.000 funcionários.

"Estamos abrindo mais 268 agências e contratando mais 4.000 pessoas, e isso vem exatamente porque em uma série de locais, especialmente no interior, a presença é importante", disse ele, durante palestra no 93º Encontro Nacional da Indústria de Construção, promovido pela Câmara Brasileira da Indústria de Construção, realizado virtualmente.

Segundo ele, 100 dessas agências terão foco no agronegócio, frente em que a Caixa pretende avançar fortemente, e outras 168 terão foco social. Ele afirmou ainda que o banco financia 99,99% dos projetos do Casa Verde e Amarela, programa habitacional do governo federal - o que amplia ainda mais a sua necessidade de chegar ao interior.

"Nós temos hoje 99,99% do Casa Verde Amarela, e o Casa Verde Amarela, que é habitação para baixa renda, é mais forte especialmente no interior do Norte e do Nordeste", disse ele.

Guimarães afirmou ainda que a Caixa é também o "banco da matemática", e que sua gestão elevou a rentabilidade do banco, o que permitiu dar um retorno à sociedade - segundo ele, através de taxas menores em produtos e serviços financeiros.

Notícias