PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

Navios humanitários de ONGs resgatam mais de 800 pessoas no Mar Mediterrâneo

Migrante tenta subir no bote das equipes de resgate da ONG Sea Watch no mar Mediterrâneo em 2017 - Alessio Paduano/AFP
Migrante tenta subir no bote das equipes de resgate da ONG Sea Watch no mar Mediterrâneo em 2017 Imagem: Alessio Paduano/AFP

Da Ansa, em Roma

02/08/2021 10h18Atualizada em 02/08/2021 11h10

Os navios humanitários Sea Watch 3 e Ocean Viking resgataram mais de 800 pessoas no Mar Mediterrâneo Central no último fim de semana e agora pedem um porto seguro para desembarcar os náufragos.

Cerca de 555 migrantes estão no Ocean Viking, navio da ONG francesa SOS Méditerranée, enquanto outros 251 foram salvos pelo Sea Watch 3, operado pela entidade alemã Sea Watch.

"O sobrevivente mais jovem resgatado nessa operação tem apenas três meses de idade", diz uma mensagem postada no Twitter pela SOS Méditerranée, que fez o salvamento na área de busca e socorro marítimo de Malta.

Até o momento, os países do sul da Europa não designaram portos seguros para as duas ONGs, que se recusam a levar os náufragos para a Líbia, cuja Guarda Costeira é acusada de violação de direitos humanos e de colocar migrantes e solicitantes de refúgio em prisões ilegais.

"Essas pessoas enfrentaram horrores inimagináveis e precisam de um porto seguro imediatamente", escreveu a Sea Watch no Twitter.

Notícias