PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

Governo britânico alivia norma para doação de sangue da comunidade gay

14/06/2021 07h23

Londres, 14 Jun 2021 (AFP) - Um maior número de homens homo e bissexuais poderá doar sangue no Reino Unido, graças à introdução de novas normas, classificadas nesta segunda-feira (14) como "um fantástico passo à frente" pelo ministro da Saúde.

De acordo com a normativa recém-adotada, os homens que desejarem doar sangue na Inglaterra, na Escócia e no País de Gales não precisarão mais dizer se tiveram relações sexuais com outro homem. Agora, vai-se perguntar a todos os potenciais doadores, homens e mulheres, se tiveram comportamento sexual recente que possa aumentar o risco de infecções.

Qualquer pessoa que tenha tido o mesmo parceiro sexual nos últimos três meses poderá fazer uma doação, o que significa que mais homens homo e bissexuais poderão doar sangue, plaquetas e plasma, anunciou o órgão Sangue e Transplante do Serviço Nacional de Saúde britânico (NHS, na sigla em inglês).

Para a autoridade sanitária, trata-se de "um passo histórico para que a doação de sangue seja mais inclusiva, garantindo, ao mesmo tempo, que o sangue continue igualmente seguro".

O ministro britânico da Saúde, Matt Hancok, celebrou que, "a partir de hoje, permita-se a mais homens homossexuais e bissexuais doar sangue, plaquetas e plasma".

A mudança foi teve boa recepção da parte de vários grupos de defesa da comunidade LGBT.

pau-acc/zm/tt

Notícias