PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Prefeitura de SP fecha 25 bares por funcionamento além de horário permitido

Bar interditado em São Paulo por descumpri protocolos sanitários - Felipe Pereira
Bar interditado em São Paulo por descumpri protocolos sanitários Imagem: Felipe Pereira
do UOL

Do UOL, em São Paulo

08/08/2020 15h12

A Prefeitura de São Paulo interditou 25 bates na noite de ontem por eles funcionarem além do horário limite estabelecido pelo decreto municipal que regula o combate à covid-19. Esta foi a primeira sexta-feira em que vigorou a permissão para os estabelecimentos abrirem até às 22 horas, uma mudança anunciada nesta semana.

Equipes de fiscalização do município contaram com apoio da Guarda Civil Metropolitana e Polícia Militar e flagraram bares abertos além do horário limite. Eles foram interditados e aplicada multa de R$ 9.231,65 para cada área de 250 metros quadrados do estabelecimento. Isto significa que o valor dobra se o local tem 500 metros quadrados, triplica se tiver 750 metros quadrados e assim por diante.

Desde o começo da pandemia, a Prefeitura interditou 885 estabelecimentos. Os bares são os que mais incidem em irregularidades e representam 509 autuações - 57,5% do total. Até o meio de semana, este segmento podia funcionar até 17 horas, mas o governo de São Paulo permitiu uma mudança depois de o Centro de Contingência ao Coronavírus realizar estudos e concluir que sua abertura não causou impacto na curva da pandemia.

Mas foi mantida a limitação de funcionamento de seis horas diárias e adoção de protocolos sanitários. Não pode haver clientes em pé, há o número máximo de seis pessoas por mesa, disponibilização de álcool em gel e funcionários usando equipamentos de proteção.

Veja onde ficam os bares interditados

Zona Leste
- Itaquera: 8 bares interditados
- São Mateus: 8 bares interditados

Zona Norte
- Santana: 4 bares interditados

Centro
- Sé: 3 bares interditados

Zona Sul
- Vila Mariana: 3 bares interditados

Notícias