PUBLICIDADE
Topo

Governo prorroga presença das Forças Armadas na Amazônia Legal

Integrantes das Forças Armadas participam de ação conjunta com o Ibama na Amazônia - Arquivo Pessoal
Integrantes das Forças Armadas participam de ação conjunta com o Ibama na Amazônia Imagem: Arquivo Pessoal
do UOL

Da Agência Brasil

10/07/2020 11h24

O governo federal decidiu prorrogar até 6 de novembro a presença das Forças Armadas na Amazônia Legal. Um decreto de Garantia da Lei e da Ordem, com a autorização, assinada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), foi publicado hoje no Diário Oficial da União.

Com a decisão, fica estendido o prazo para a realização da Operação Verde Brasil, voltada para coibir a prática de crimes ambientais na região. A operação é direcionada ao combate ao desmatamento ilegal e a focos de incêndio.

"Fica autorizado o emprego das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem e em ações subsidiárias, no período de 11 de maio a 6 de novembro de 2020, na faixa de fronteira, nas terras indígenas, nas unidades federais de conservação ambiental e em outras áreas federais nos estados da Amazônia Legal", diz o decreto.

A Amazônia Legal é uma área que engloba os nove estados que fazem parte da bacia do rio Amazonas, sendo eles: Acre, Amapá, Amazonas, parte do Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins.

O decreto anterior previa a presença das Forças Armadas na Amazônia Legal até esta sexta-feira.

Notícias