PUBLICIDADE
Topo

Criação recorde de vagas nos EUA impulsiona Wall St

02/07/2020 11h47

Por Pawel Goraj e Devik Jain

(Reuters) - Wall Street operava em alta nesta quinta-feira, com o Nasdaq atingindo máxima histórica depois de dados mostrarem que a economia dos Estados Unidos criou vagas a um ritmo recorde em junho, no mais recente sinal de recuperação da atividade após o alívio nas restrições para conter o coronavírus.

A criação líquida de vagas de trabalho fora do setor agrícola dos EUA chegou a 4,8 milhões em junho, mostrou o relatório mensal do Departamento do Trabalho do país nesta quinta-feira. Esse foi o maior salto desde que o governo começou a manter registros, em 1939.

Todos os 11 principais setores do S&P operavam em alta, e os ganhos eram liderados pelos segmentos financeiro, de materiais básicos e energia.

"A forte recuperação normalmente seria um categórico sinal positivo de que a recuperação está andando, (mas) veio acompanhada de uma forte alta nas novas infecções, que foi o que provocou o colapso primeiramente", disse Mike Bell, estrategista de mercado da JP Morgan Asset Management.

"Portanto é cedo demais para dizer que com certeza essa recuperação no emprego parece ser a luz verde para os investidores."

Vários Estados estão reduzindo ou pausando a reabertura para lidar com o aumento nas infecções, e analistas alertaram para outra liquidação nos mercados financeiros.

Às 11:41 (horário de Brasília), o índice Dow Jones subia 1,07%, a 26.010 pontos, enquanto o S&P 500 ganhava 1,182017%, a 3.153 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançava 1,17%, a 10.274 pontos.

(Reportagem de Pawel Goraj em Gdansk)

Notícias