PUBLICIDADE
Topo

Bebê prematuro é vítima mais jovem da covid-19 no País

Ricardo Araújo, especial para o Estado

08/04/2020 20h55

Um bebê prematuro testado positivo para a covid-19 morreu na Maternidade do Hospital Dr. José Pedro Bezerra, na zona norte de Natal, na terça-feira, 7. O caso foi confirmado pela Secretaria Municipal de Saúde de Natal nesta quarta, 8. A secretaria informou, ainda, que a mãe do bebê estava na trigésima semana de gestação e apresentava quadro de hipertensão, diabetes, obesidade e síndrome respiratória a esclarecer. Com essa morte, o bebê passa a ser a vítima mais jovem da covid-19 no Brasil.

Conforme a Secretaria Municipal de Saúde de Natal, a paciente deu entrada na unidade no dia 2 de abril e foi mantida em isolamento para, posteriormente, ser realizada a cesárea.

Uma médica pediatra neonatologista que acompanhou a cirurgia para retirada do bebê e pediu para não ser identificada relatou que o "swab" (amostras de secreção nasal) do recém-nascido foi "colhido com 7 horas de vida". A médica alertou que todos os médicos, enfermeiros e profissionais da limpeza estavam paramentados conforme as normas de segurança hospitalar para a covid-19 e seguiam as regras de isolamento social.

"A equipe é toda protegida, não saímos do isolamento. Nós achamos estranho e só pode ser transmissão vertical (de mãe para filho). Estou achando estranho, se foi transmissão vertical, positivar com sete horas", declarou a médica.

O bebê, porém, apresentava outros problemas de saúde que podem ter sido agravados pela covid-19. Conforme relato de outro integrante da equipe médica que realizou o parto, ele nasceu com enterocolite, que é a necrose das alças intestinais por falta de oxigênio.

Os integrantes da equipe médica também relataram que a mãe do bebê deu entrada na unidade de saúde "espirrando e tossindo muito". A paciente, que tinha eclâmpsia e por isso precisou passar pela cirurgia cesárea, também teve convulsões durante o procedimento cirúrgico.

O exame dela para o coronavírus foi realizado e aguarda a emissão do resultado pelo Laboratório Central da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Lacen/Sesap/RN). Atualmente, a genitora encontra-se em isolamento domiciliar. O Rio Grande do Norte soma 11 mortes por covid-19 e 261 casos confirmados da doença.

Notícias