PUBLICIDADE
Topo

Após críticas, Neymar diz que respeita quarentena por covid-19

29/03/2020 19h12

São Paulo, 29 Mar 2020 (AFP) - O craque Neymar respondeu às críticas do jornal catalão Mundo Deportivo e afirmou neste domingo em um comunicado que respeita as diretrizes de isolamento recomendadas pela Organização Mundial da Saúde contra o novo coronavírus.

"Não há visitas", disse seu assessor de comunicação, observando que o jogador está fazendo sua quarentena no Brasil em uma casa no Rio de Janeiro "completamente isolada", juntamente com outras pessoas que viajaram com ele da França.

O atacante do Paris Saint-Germain divulgou imagens em sua conta do Instagram, na qual é visto próximo a outros homens em um tribunal. O jornal Mundo Deportivo questionou as imagens em uma nota intitulada "Ney: confinamento polêmico".

"A foto que motivou essa nota, publicada em sua conta no Instagram, mostra Neymar Jr. ao lado de outras pessoas que estão em quarentena com ele, que vivem e viajam juntas de Paris ao Brasil", afirmou o comunicado.

Segundo o texto, o jogador da seleção brasileira ofereceu sua residência para que seus companheiros pudessem completar duas semanas de quarentena após a viagem e antes de irem para a casa de seus parentes.

"A exceção nas visitas foi seu filho, Davi Lucca, que veio ficar com o pai", esclarece a nota.

Neymar não se encontrou com sua irmã, mãe e avó, continua o texto.

"O atleta segue fazendo seu trabalho diário, de prevenção de lesões e manutenção de sua forma física, com seu preparador físico Ricardo Rosa, aguardando ansiosamente o fim desse triste momento da humanidade e a consequente retomada da atividade profissional", afirma o comunicado.

Além das fotos com seus amigos e outras pessoas treinando, o jogador de 28 anos divulgou em seu Instagram um apelo para ficar em casa com o objetivo de conter a propagação do coronavírus.

"Não é o vírus que circula, são as pessoas", diz a imagem publicada no dia 16 de março com a legenda "Siga as recomendações!"

pr/ol/aam

Notícias