PUBLICIDADE
Topo

Volvo gasta R$ 5 mi e lança 500 postos de recargas para veículos elétricos

Pontos de recarga feitos pela Volvo servem para qualquer carro híbrido ou elétrico - Vitor Matsubara/UOL
Pontos de recarga feitos pela Volvo servem para qualquer carro híbrido ou elétrico
Imagem: Vitor Matsubara/UOL
do UOL

Vitor Matsubara

Do UOL, em São Paulo

14/12/2019 04h00

Resumo da notícia

  • Empresa arca com custos de instalação, que são estimados em R$ 10 mil por ponto
  • Marca sueca firmou novas parcerias para ampliar número de estações de recarga
  • Supermercados, shoppings e estacionamentos estão entre estabelecimentos parceiros

O número de pontos de recarga para carros híbridos e elétricos ainda é pequeno no Brasil. Porém, algumas montadoras arregaçaram as mangas e ampliaram a infraestrutura dedicada a estes tipos de veículos no país.

A Volvo é uma das marcas que mais investem na construção de novos pontos. Desde 2018, a empresa duplicou o número de pontos de 125 para 250 e recentemente ampliou este volume para 500.

"Fizemos pesquisas no final de 2017 para identificar quais seriam os motivos de compra de um carro híbrido e barreiras que poderiam impedir clientes de migrar de uma tecnologia com mais de 100 anos para uma nova inovação. E uma das questões mais recorrentes foi a insegurança relacionada aos locais onde ele poderia carregar seu carro, mesmo sendo um veículo híbrido. Havia baixa expectativa de que a indústria poderia fazer algo para resolver isso", revelou Rafael Ugo, diretor de inteligência de mercado da Volvo Car Brasil.

Quem paga a conta?

O começo não foi muito fácil, já que a Volvo encontrou resistência por parte de alguns estabelecimentos.

"As principais questões eram relacionadas ao custo, especialmente sobre quem pagaria a conta e quais seriam as vantagens de ceder o espaço para nós. Por isso é que precisamos mostrar a estes estabelecimentos que conseguiríamos trazer um público diferenciado para esses locais sem um custo alto para fazer o carregamento. Quando conseguimos convencer os primeiros parceiros é que fechamos os 250 pontos de recarga, e hoje apenas 5% deles estão em fase de adaptação final. Mas todos estão entregues".

Carregadores estão em estabelecimentos comerciais de vários tipos - Rogério Markiewicz/Hotel Mercure
Carregadores estão em estabelecimentos comerciais de vários tipos
Imagem: Rogério Markiewicz/Hotel Mercure

A fabricante arca com os custos de instalação de cada estação de recarga, estimados em R$ 10 mil por ponto. Sendo assim, a quantia investida pela Volvo até agora foi de R$ 5 milhões.

"Quando eles (estabelecimentos) perceberam que o custo não era alto e que havia um fluxo de clientes, várias empresas nos procuraram querendo fazer parte desse projeto. Aí acertamos mais 250 pontos, e só não fechamos mais locais por conta da disponibilidade de equipamentos", contou Rafael.

Carregadores para todos

Volvo é uma das marcas que mais investem em veículos eletrificados - Divulgação
Volvo é uma das marcas que mais investem em veículos eletrificados
Imagem: Divulgação

A boa notícia para donos de carros eletrificados é que os carregadores não são restritos apenas aos modelos da Volvo. Carros de qualquer marca podem usufruir da infraestrutura instalada em shoppings, estacionamentos e supermercados. Mesmo assim, a cúpula da Volvo não parece se importar com isso - muito pelo contrário.

"A gente precisava liderar uma transformação radical (da indústria), até para que daqui a alguns anos a gente consiga fortificar nossa liderança. Claro que foi bom para a imagem da marca, mas desde o começo sabíamos que esse movimento seria bom para a indústria de carros elétricos, sendo (veículos) Volvo ou não. E isso também beneficiaria a sociedade. Pode parecer discurso marqueteiro, mas valores como esse fazem parte do DNA da nossa marca, que sempre teve uma preocupação social. Então foi natural aprovar esse projeto", concluiu Rafael.

Notícias