Topo

Incêndios na Bolívia consumiram 4,1 milhões de hectares, segundo ONG

18/09/2019 19h15

La Paz, 18 Set 2019 (AFP) - Os incêndios na Bolívia destruíram desde agosto 4,1 milhões de hectares de florestas e pastos, informou nesta quarta-feira a ONG Fundação Amigos da Natureza (FAN) ao apresentar um relatório baseado em imagens de satélite da Nasa e da agência europeia ESA.

"A superfície queimada no departamento de Santa Cruz chega a três milhões de hectares e representa 74,5% do total de áreas afetadas por incêndios em nível nacional (4,1 milhões de ha.), segundo a estimativa realizada a partir de imagens de satélite da Nasa e da ESA, em 15 de setembro de 2019", afirmou a FAN em um comunicado.

Detalhou que na região de Santa Cruz (leste do país) a queima é de 3.077.332 hectares, em Beni (nordeste), 879.495, La Paz (oeste), 142.134, e no resto da Bolívia, 30.429, totalizando 4.129.390 hectares.

O tamanho equivale a 41.293,4 quilômetros quadrados, similar à Suíça.

O governo de Beni informou que "sob uma resolução foi determinada a declaração de alerta vermelho departamental", segundo Cristhian Cámara, diretor do Centro de Operações de Emergência (COE) da instituição, citado pela agência de notícias Fides.

Essa medida de emergência permite dispor de mais recursos econômicos e enviar mais equipes de defesa civil para as zonas afetadas.

O governo de Santa Cruz já havia declarado alerta vermelho em agosto passado, quando começaram a se espalhar os incêndios no país.

Os incêndios em florestas e pastos ainda não foram controlados na Bolívia, enquanto os corpos estatais bolivianos lutam por ar e terra para extingui-los.

jac/rb/llu/db

Mais Notícias