Topo

"Vai dar tudo certo", diz jovem que teve couro cabeludo arrancado por kart

Débora Esthefany Dantas teve couro cabeludo arrancado por kart - Reprodução/Instagram
Débora Esthefany Dantas teve couro cabeludo arrancado por kart Imagem: Reprodução/Instagram
do UOL

Fabiana Maranhão

Colaboração para o UOL, no Recife

22/08/2019 15h39

A auxiliar de ensino infantil Débora Esthefany Dantas, 19, usou as redes sociais na noite de ontem (21) para expressar gratidão e otimismo depois de ter o couro cabeludo totalmente arrancado durante uma corrida de kart no Recife há cerca de dez dias.

Nos Stories do Instagram, ela escreveu: "Eu quero agradecer a todas as pessoas que estão orando por mim. Infelizmente, não conseguirei responder todas, entretanto, prometo que tentarei ler todas as mensagens, pois sei que são de carinho. Eu só quero dizer que estou muito bem e toda experiência vai me ajudar a ajudar as pessoas quando eu for médica. Eu tenho certeza de que vai dar tudo certo, esse é o meu lema".

A jovem está internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Especializado de Ribeirão Preto (SP), para onde foi transferida no último domingo (18). Antes disso, ela tinha passado uma semana no Hospital da Restauração, no Recife.

Na tarde de hoje (22), Débora passou por uma cirurgia para a reconstrução das pálpebras. "A cirurgia transcorreu sem intercorrências e a paciente está consciente e orientada", diz o boletim médico divulgado pela assessoria de comunicação do hospital. E está prevista a realização de outra cirurgia no próximo sábado (24). A jovem vai receber um transplante de pele que será retirado de suas costas e implantado na região da testa e do couro cabeludo.

O acidente

No dia 11 de agosto, ela foi com o namorado, o microempresário Eduardo Tumajan, a mãe e a filha dele a uma pista de kart que funcionava no estacionamento da rede de supermercados Walmart, na zona sul da cidade.

Eduardo Tumajan contou que a namorada e ele estavam na segunda volta do circuito quando o cabelo da jovem, que era na altura da cintura, soltou da touca de segurança e enroscou na engrenagem do veículo. Ela teve a pele da região da testa e todo o couro cabeludo arrancados.

No mesmo dia, a jovem foi submetida a uma cirurgia no Hospital da Restauração. Os médicos reimplantaram parte do couro cabeludo arrancado que tinha sido levado pelo namorado em uma sacola para o hospital.

Por causa de microtrombos, pequenas obstruções nos vasos sanguíneos, na região da cirurgia, a jovem teve que passar por uma nova cirurgia em Ribeirão Preto para a retirada do que foi implantado.

Vaquinha

Há quase de uma semana um grupo que organiza um campeonato de kart em Pernambuco criou uma vaquinha para receber doações para a jovem. A meta é arrecadar R$ 50 mil. Até o começo da tarde desta quinta-feira (22), tinham sido doados R$10,7 mil.

"Todo o dinheiro arrecadado será repassado a Debora para que ela tenha mais um suporte financeiro, seja para sua reabilitação física, mental ou social", diz a descrição da campanha organizada pelo DPKin (Desafio Pernambucano de Kart Indoor).

Mais Notícias