Topo

Argentina diz que blecaute foi causado por colapso do sistema de interconexão

2019-06-16T13:23:00

16/06/2019 13h23

Buenos Aires, 16 jun (EFE).- Um "colapso" do Sistema Argentino de Interconexão (SADI) foi o que provocou um "corte massivo de energia elétrica" em toda a Argentina, e que afetou também o Uruguai, segundo informou a Secretaria de Energia do governo de Mauricio Macri.

"As causas estão sendo investigadas e ainda não estão determinadas. Já se começou com a recuperação (do serviço)", disse o organismo em comunicado no qual especificou que a recuperação total "pode levar algumas horas".

Pouco depois do meio-dia, a Secretaria de Energia ressaltou que a partir da Usina Hidrelétrica Salto Grande, ao norte, está se restabelecendo "paulatinamente" a rede de transporte de alta tensão e foi possível alimentar estações das províncias de Buenos Aires, Entre Ríos e Santa Fé, situadas no centro-leste do país.

Alejandra Martínez, porta-voz da companhia subministradora Edesur, assegurou em declarações à emissora de rádio "Mitre" que o blecaute é "um fato inédito" e confirmou que o restabelecimento do serviço demorará algumas horas.

"Vai levar várias horas porque, apesar de ainda não termos claras as causas, pôr em funcionamento a geração e a transmissão para que chegue à casa de cada um vai levar várias horas", explicou.

Além disso, segundo ressaltou, a recuperação será feita de maneira paulatina para não provocar danos maiores.

Esta situação acontece justamente em um dia de eleições locais nas províncias argentinas de Santa Fé, San Luis (centro) e Formosa (norte), onde serão eleitos novos governadores e vice-governadores.

Nesse sentido, foram registrados múltiplos inconvenientes entre os cidadãos, que tiveram que votar às escuras.

Também há eleições hoje na Tierra del Fuego (sul), mas essa província não foi afetada pelo blecaute. EFE

Mais Notícias