Topo

Forças israelenses matam palestino suspeito de assassinatos na Cisjordânia

2019-03-19T19:05:00

19/03/2019 19h05

Jerusalém, 19 Mar 2019 (AFP) - As forças israelenses mataram nesta terça-feira um palestino suspeito de assassinar um rabino e um soldado na Cisjordânia ocupada no final de semana, informou o Shin Bet, o serviço de segurança interna de Israel.

Segundo o Shin Bet, as forças israelenses cercaram o local onde estava o suspeito, Omar Amin Abu Laila, que atirou nos soldados, iniciando um tiroteio.

"O agressor abriu fogo contra nossas forças e morreu durante a troca de tiros", afirmou o serviço de segurança, acrescentando que nenhum militar ficou ferido.

Nos ataques do domingo, nos arredores da colônia israelense de Ariel, o agressor palestino esfaqueou e matou o soldado Gal Keidan, de 19 anos, roubando sua arma. Em seguida, atirou contra automóveis, matando o rabino Ahiad Ettinger, 47, morador da colônia de Eli.

Abu Laila também feriu gravemente um segundo soldado.

O premier israelense, Benjamin Netanyahu, elogiou rapidamente as forças de segurança pela operação: "parabéns pela ação rápida que levou à eliminação deste terrorista".

"O braço longo de Israel alcança todos que atacam nossos cidadãos e militares".

scw/lr

Mais Notícias