PUBLICIDADE
Topo
Entretenimento

Entretenimento

Karin Hils, do Rouge, sai em defesa da filha de Pocah após ataques racistas

BBB 21: Karin Hils defende Pocah após ataques racistas na web - Reprodução/Instagram
BBB 21: Karin Hils defende Pocah após ataques racistas na web Imagem: Reprodução/Instagram
do UOL

Colaboração para o UOL, em São Paulo

21/04/2021 07h43Atualizada em 21/04/2021 12h49

Karin Hils, que fez parte do grupo "Rouge", usou suas redes sociais para desabafar sobre os ataques racistas que a filha de Pocah, Vitória, de 5 anos, vem sofrendo nas redes sociais. A funkeira, que permanece no "BBB 21" (Globo), também tem sido vítima de ataques de ódio na web.

"Já tem uns dias que não tô assistindo ao BBB direto, logo, não tô muito por dentro...mas lá vai... É um absurdo o que estão fazendo com a filha da Pocah. As pessoas não se cansam de ser más? Não é possível! A gente tá vivendo uma das maiores tragédias da nossa existência e as pessoas ainda não pensam em rever seus comportamentos e mudar?", começou a cantora.

A Vitória é uma, entre tantas, crianças que passam por isso todos os dias. Agora eu tô falando de criança, saca?! Me dá um nó na garganta; choro de raiva de tanta indignação. Choro de raiva e indignação por coisas que vocês nem imaginam.

Ela prosseguiu: "Tô cansada, sabe?! Tô cansada de ver tanta injustiça, tanta maldade, tanta coisa ruim nesse mundo, desde de que o mundo é mundo. Tenho pensado que na verdade o inferno é aqui é a gente tá muito desavisado. Não é possível existir lugar pior, não é possível o 'diabo' ser pior do que algumas pessoas que habitam esse planeta", afirmou.

Os ataques contra a filha de Pocah começaram depois que ela e Juliette discutiram dentro do reality show, quando a advogada descobriu que a funkeira havia votado nela para ir ao paredão. Os fãs da paraibana reagiram de forma violenta nas redes sociais, atacando inclusive a filha pequena de Pocah, a chamando de "macaca", "fedida", entre outros adjetivos pejorativos.

Recentemente, o pai da filha de Pocah, MC Roba Cena, se manifestou sobre os ataques que a filha recebeu na Internet após a discussão com Juliette.

O ponto que o ser humano chegou, uma briga de jogo querendo envolver uma criança de cinco anos, palavras racistas... o que minha filha tem a ver com isso? Vamos ter mais amor pelo próximo, vamos botar Deus na frente. O que é do jogo fica no jogo. Isso é briga de adulto. O que uma menina de cinco anos tem a ver? Mc Roba Cena

"Vitória tem família, a gente está de olho, não confundam as coisas. Jogo é jogo, Vitória é Vitória, entendeu? Fica esse papo aí. Ela tem família e a gente está de olho em tudo", acrescentou o MC.

Entretenimento