PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
15 dias

Não há melhor homenagem do que continuar trabalhando, diz vice de Covas

do UOL

Nathan Lopes

Do UOL, em São Paulo

15/05/2021 09h23Atualizada em 15/05/2021 12h06

O prefeito de São Paulo em exercício, Ricardo Nunes (MDB), manteve uma agenda hoje como homenagem ao prefeito licenciado, Bruno Covas (PSDB). "Acho que a melhor homenagem que a gente pode fazer ao prefeito Bruno Covas é continuar cuidando da população", disse.

Ontem, em boletim médico, o Hospital Sírio-Libanês informou que o quadro clínico de Covas é irreversível. Ele está internado desde o início do mês para o tratamento de um câncer.

Nesta manhã, Nunes esteve em uma escola pública no Campo Belo em razão do Dia D da Vacinação contra a influenza. Na agenda, ele foi acompanhado pelos secretários da Saúde, Edson Aparecido, e da Educação, Fernando Padula.

Segundo o prefeito em exercício, Covas sempre orientou a equipe a não parar as atividades em razão de seu estado de saúde. "É o que ele sempre cobrou da gente, mesmo agora que ele teve essa última internação, de que a cidade não parasse, que cuidasse das pessoas", comentou Nunes. "Ele estava sempre cobrando de toda nossa equipe, equipe coesa, equipe que tem seguido e que continuará seguindo as orientações do prefeito."

Não existe melhor homenagem ao prefeito do que a gente continuar trabalhando
Ricardo Nunes (MDB), prefeito de São Paulo em exercício

Ao dizer que manter a agenda é seguir "exatamente o que o Bruno nos pediu", Nunes pontuou que a equipe continuará cuidando da população, "que elegeu a ele e a mim para isso".

Nunes lembra que esteve presencialmente pela última com Covas na quinta-feira (13), mas que ainda ontem chegou a conversa com ele por WhatsApp e telefone.

Aparecido também concorda que manter o trabalho é a melhor homenagem a Covas. "E ele quer que seja dessa maneira. É trabalhando, é cuidado da população da nossa cidade", disse o secretário de Saúde da cidade, que lembrou que "o Bruno enfrentou a pandemia, enfrentou a doença, enfrentou uma campanha eleitoral de cabeça erguida".

Secretário da Educação, Padula recorda que conhece Covas há 30 anos e diz ter certeza que o prefeito licenciado "ficaria muito bravo se a gente cancelasse essa agenda".

Notícias