PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
15 dias

Mais de 30 migrantes morrem em naufrágio na costa do Djibuti

12/04/2021 13h21

Pelo menos 34 migrantes morreram no naufrágio de um barco na costa do Djibuti, no Chifre da África, nesta segunda-feira (12), de acordo com a Organização Internacional para as Migrações (OIM).

A embarcação havia partido do Iêmen, país que enfrenta seis anos de guerra civil e uma das maiores crises humanitárias do planeta, e afundou por volta de 4h da madrugada, perto da cidade djibutiana de Obock, do outro lado do Estreito de Babelmândebe.

O barco levava cerca de 60 pessoas a bordo e, segundo o diretor regional da OIM para a África Oriental e o Chifre da África, Mohammed Abdiker, a viagem era organizada por coiotes. De acordo com um oficial da organização citado pela agência AFP, há "muitas crianças" entre as vítimas.

Um incidente semelhante já havia deixado 20 mortos em 4 de março passado, porém em uma viagem no sentido inverso: do Djibuti para a Península Arábica. Na ocasião, o barco levava cerca de 200 migrantes africanos, porém os coiotes atiraram 80 pessoas no mar com medo de a embarcação virar, sendo que 20 acabaram morrendo O Estreito de Babelmândebe é uma rota migratória incomum, já que registra intenso movimento nos dois sentidos: tanto de africanos em busca de oportunidades nas ricas monarquias da Península Arábica quanto de iemenitas em fuga da guerra civil no país.

Notícias