PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Avião se parte ao meio ao tentar pouso na Índia; há 17 mortos e 123 feridos

do UOL

Do UOL, em São Paulo*

07/08/2020 12h53Atualizada em 07/08/2020 18h47

Um avião da companhia Air India Express com 190 pessoas a bordo derrapou na pista do Aeroporto de Calicute, na Índia, durante tentativa de pouso e ficou partido ao meio. O grave acidente já deixou 17 mortos e pelo menos 123 feridos, segundo informações da empresa e de autoridades locais.

O acidente aconteceu por volta das 19h40 (horário local, 12h10 em Brasília), segundo informou a empresa aérea. A aeronave, um Boeing 737, transportava indianos que retornavam para casa após serem barrados em outros países devido à pandemia do novo coronavírus.

O voo fazia parte da "Vande Bharat Mission", que foca na repatriação dos indianos.

O "The Times of India" informou que das 190 pessoas a bordo, 174 eram passageiros adultos, 10 crianças, além de seis tripulantes. Tanto civis como bombeiros e equipes de resgate estão trabalhando no resgate dos sobreviventes.

A Air India Express ainda não divulgou as identidades das vítimas fatais. No entanto, informou que os dois pilotos estão entre as mortes já confirmadas. Os demais tripulantes foram resgatados com vida.

"Infelizmente, os pilotos faleceram, e nós estamos em contato com suas famílias neste momento de pesar", informou a empresa em nota.

O avião decolou de Dubai, nos Emirados Árabes, e tinha como destino a cidade indiana, que é o hub da companhia aérea Air India Express. Relatos apontam que chovia no momento do acidente.

As viagens internacionais na Índia estão suspensas até o dia 31 de agosto. No entanto, assim como ocorre ao redor do mundo, os viajantes podem alegar motivo de urgência para ir para outro país — tendo que comprovar a situação — ou podem retornar para seu país natal.

No Twitter, o ministro da Defesa, Rajnath Singh, lamentou a tragédia.

"Estou profundamente angustiado pelas vidas perdidas neste acidente com vários passageiros no voo da Air India Express. Nessa hora de luto, meus pensamentos estão com os familiares. Rezo pela rápida recuperação dos feridos", escreveu ele.

Segundo o site "OnManorama", a pista tem um "modelo mesa", localizado no topo de um platô, que pode "criar uma ilusão de ótica que requer uma aproximação muito precisa do piloto".

*Com informações da ANSA e da AFP

Notícias