PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Enfermeira emociona fotógrafo por segurar bebês após explosão em Beirute

Enfermeira segura bebês em hospital após explosão em Beirute, no Líbano - Xinhua/Bilal Jawich
Enfermeira segura bebês em hospital após explosão em Beirute, no Líbano Imagem: Xinhua/Bilal Jawich
do UOL

Do UOL, em São Paulo

06/08/2020 14h46

O fotojornalista Bilal Jawich se disse emocionado por fotografar uma enfermeira segurando três bebês após a explosão em Beirute, na terça-feira (4). O acidente deixou, até o momento, 157 mortos e milhares de feridos, no Líbano.

Uma das hipóteses é de que a explosão tenha relação com o armazenamento de 2,75 toneladas de nitrato de amônio em um hangar de Beirute, carga que estava no local sem condições de segurança adequada há seis anos.

No Facebook, ele escreveu: "16 anos de fotografia na imprensa, muitas guerras, e eu posso dizer: nunca vi nada como o que eu presenciei hoje".

"Essa 'heroína' me pegou dentro do hospital e estava acelerando a ligação, apesar da suspensão da comunicação, e segurando três bebês recém-nascidos, cercada por dezenas de corpos e feridos", continuou.

Jawich destacou a calma e clareza da enfermeira que, em meio ao caos pós-explosão, conseguiu proteger a vida dos bebês e ainda tentou pedir socorro.

"Fiquei surpreso quando vi a enfermeira segurando três recém-nascidos", disse ele à CNN árabe. "Percebi a calma da enfermeira, que contrastava com a atmosfera que circulava a apenas um metro de distância."

O fotojornalista contou ainda que conversou com a enfermeira naquela noite e que ela lhe disse que ficou inconsciente no momento da explosão e quando acordou "se viu carregando esses três bebês".

Notícias