PUBLICIDADE
Topo

Cidadãos de vários países são presos durante protestos em Belgrado

11/07/2020 21h05

Belgrado, 11 jul (EFE).- As autoridades da Sérvia relataram neste sábado a prisão de 71 pessoas durante o protesto ocorrido no dia anterior no centro da capital Belgrado e que levou a incidentes violentos, deixando vários feridos, incluindo 14 policiais e diversos jornalistas.

Entre os detidos estão cidadãos de Montenegro, Reino Unido, Tunísia e Bósnia e Herzegovina, disse o diretor da polícia local, Vladimir Rebic, em entrevista coletiva em Belgrado.

"Eles entraram na Sérvia, que lhes ofereceu hospitalidade, mas vieram para destruir e atacar a polícia", afirmou.

Ontem à noite, pelo quarto dia seguido, milhares de pessoas voltaram às ruas da capital para protestar contra o presidente Aleksandar Vucic.

Os incidentes ocorreram quando grupos violentos começaram a tentar arrombar a porta principal do Parlamento, além de atirar pedras, bombas e outros artefatos contra a polícia em repetidos ataques.

Anteriormente, grupos de extrema direita que se opunham à independência do Kosovo haviam se reunido nas proximidades, acusando Vucic de traição por negociar com as autoridades do Kosovo uma normalização das relações entre Pristina e Belgrado.

Segundo Rebic, desde o início dos protestos na última terça-feira, mais de 130 policiais tiveram que receber assistência médica por ferimentos.

O chefe da polícia afirmou que vários jornalistas que trabalhavam no local também ficaram feridos.

Os protestos tiveram início na última terça passada devido ao descontentamento com a gestão da pandemia da Covid-19 e o anúncio de medidas restritivas para conter a expansão do novo coronavírus, e rapidamente se transformaram em protestos contra o governo. EFE

sn/phg

Notícias