PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Inscrições Enem 2020: datas, documentos e informações

Caio Rocha/Framephoto/Estadão Conteúdo
Imagem: Caio Rocha/Framephoto/Estadão Conteúdo
do UOL

Do UOL, em São Paulo

09/05/2020 04h00Atualizada em 22/05/2020 18h14

Resumo da notícia

  • Inscrições para o Enem 2020 acontecem entre 11 e 22 de maio e devem ser feitas pela internet, na página do participante
  • As provas impressas e em formato digital serão realizadas em novembro
  • A taxa de inscrição para o Enem é de R$ 85
  • Inep anunciou que, devido à pandemia do novo coronavírus, irá conceder a gratuidade a todos os candidatos que preencherem os requisitos

Estão abertas as inscrições para o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2020. O prazo, que seria encerrado no dia 22 de maio, foi prorrogado e agora vai até as 23h59 do dia 27 de maio. As inscrições devem ser feitas pela internet, na página do participante.

Após pressão da sociedade civil e do Congresso Nacional, o MEC (Ministério da Educação) decidiu adiar as provas do Enem por um período de 30 a 60 dias. Com isso, tanto as provas impressas como as provas em formato digital serão realizadas em dezembro ou janeiro de 2021 —ainda não há uma data definida.

A partir deste ano, é obrigatório ter um login no gov.br, sistema de acesso único do Governo Federal, para o acompanhamento da inscrição no exame. O cadastro pode ser feito no site acesso.gov.br.

A taxa de inscrição para o Enem é de R$ 85. Candidatos que cursaram o ensino médio em escola pública, com bolsa integral em escola particular ou que comprovem baixa renda têm direito à isenção desse valor.

O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) anunciou que neste ano, devido à pandemia do novo coronavírus, irá conceder a gratuidade a todos os candidatos que preencherem esses requisitos, mesmo que eles não tenham realizado o pedido formalmente.

Datas do Enem 2020

  • Pedidos de isenção de taxa: O prazo para pedir a isenção da taxa de inscrição já foi encerrado. O Inep anunciou, no entanto, que irá garantir a gratuidade da taxa de inscrição a todos os participantes que cumprirem os requisitos (veja mais abaixo);
  • Justificativa de ausência no Enem 2019: 6 a 17 de abril;
  • Resultado dos pedidos de isenção e justificativa de ausência: 24 de abril;
  • Inscrição para o Enem 2020: 11 a 27 de maio;
  • Pagamento da taxa de inscrição: 11 a 28 de maio;
  • Enem impresso e Enem digital: dezembro ou janeiro de 2021

Quem tem direito à isenção da taxa

  • Alunos que estiverem cursando a última série do ensino médio, em 2020, em escola da rede pública;
  • Alunos que cursaram todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada, além de ter renda, por pessoa, igual ou menor que um salário mínimo e meio;
  • Candidatos em situação de vulnerabilidade socioeconômica por ser membro de família de baixa renda que possua NIS (Número de Identificação Social), único e válido; além de ter renda familiar, por pessoa, de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal de até três salários mínimos.

Documentos

Para se inscrever, o candidato deve informar:

  • CPF
  • Data de nascimento
  • E-mail pessoal

Com esses dados, o candidato terá acesso a um número de inscrição.

Como se inscrever

Na página do participante, é preciso informar o CPF, a data de nascimento e optar pela participação no Enem impresso ou no Enem digital —escolha que não poderá ser alterada após a conclusão da inscrição. Vale lembrar que o candidato que escolher o Enem impresso não poderá participar do Enem digital, e vice-versa.

Também é preciso preencher dados como endereço de e-mail, número de telefone fixo ou celular, cidade onde deseja realizar o exame e escolher espanhol ou inglês como língua estrangeira a ser avaliada.

Candidatos que necessitem de atendimento especializado ou específico devem solicitá-lo no momento da inscrição. Esse pedido pode ser feito por pessoas com baixa visão, cegueira, deficiência física, deficiência auditiva, deficiência intelectual, dislexia, autismo, gestantes, lactantes, idosos ou pessoas em outras condições especiais. É necessário apresentar um laudo médico que comprove as condições.

Todos os participantes devem preencher um questionário socioeconômico e anexar no sistema de inscrição uma foto atual, nítida e colorida que enquadre desde a cabeça até os ombros.

Notícias