PUBLICIDADE
Topo

Bomba da 2ª Guerra provoca evacuação recorde na Itália

Em 1º de dezembro, o centro de Turim, na Itália, também foi evacuado por causa de bomba da Segunda Guerra Mundial - Alessandro Di Marco/EPA
Em 1º de dezembro, o centro de Turim, na Itália, também foi evacuado por causa de bomba da Segunda Guerra Mundial Imagem: Alessandro Di Marco/EPA

15/12/2019 11h43

BRINDISI, 15 DEZ (ANSA) - A remoção de uma bomba da Segunda Guerra Mundial forçou neste domingo (15) a evacuação de cerca de 54 mil habitantes de Brindisi, cidade de quase 90 mil moradores situada na região da Puglia, extremo-sul da Itália.

Segundo jornais italianos, essa foi a maior evacuação na história do país em tempos de paz. De fabricação inglesa e com peso de 226 quilos, o explosivo havia sido encontrado em 2 de novembro, durante obras de ampliação de um complexo de cinemas.

A operação para desarmar a bomba, que havia sido danificada por um trator, durou cerca de duas horas. No início da tarde, os moradores receberam autorização para voltar para suas casas. O artefato foi levado para uma pedreira, onde será detonado nesta segunda-feira (16).

A descoberta de explosivos da Segunda Guerra é um evento relativamente comum na Itália, que foi um dos principais palcos do conflito. (ANSA)

Notícias