Topo

Oposição venezuelana prepara protestos em novo esforço para derrubar Maduro

16/11/2019 13h42

Por Brian Ellsworth e Deisy Buitrago

CARACAS (Reuters) - A oposição venezuelana realizará protestos em todo o país neste sábado, na esperança de retomar um movimento paralisado para derrubar o presidente Nicolás Maduro, que manteve o poder apesar de uma crise econômica e de sanções agressivas dos Estados Unidos.

O líder da oposição, Juan Guaidó, deu pontapé inicial em um movimento de protesto em janeiro ao invocar a Constituição para assumir uma Presidência interina, após declarar como fraude a reeleição de Maduro em 2018.

Mas a energia diminuiu e a frustração está aumentando à medida que Maduro permanece no controle e o colapso econômico continua a empurrar os imigrantes venezuelanos através das fronteiras do país.

"A ditadura subestimou o povo venezuelano. Não foram capazes de nos acostumar a viver na miséria", disse Guaidó no Twitter na noite de sexta-feira.

Homens mascarados entraram na sexta-feira nos escritórios do partido de oposição Voluntad Popular, ao qual Guaidó pertence. Os líderes da oposição consideraram o incidente um esforço de intimidação no período que antecedeu as manifestações.

Notícias