Topo

Novo Peugeot 208 testa condução semiautônoma antes de chegar ao Brasil

Nova geração do hatch foi clicada protegida sob camuflagem no Brasil; produção será na Argentina - Rennie Lazo/Arquivo pessoal
Nova geração do hatch foi clicada protegida sob camuflagem no Brasil; produção será na Argentina Imagem: Rennie Lazo/Arquivo pessoal
do UOL

Do UOL

Em São Paulo (SP)

22/08/2019 13h34

Apresentada em março no Salão de Genebra (Suíça), a nova geração do Peugeot 208 tem lançamento no Brasil esperado para até 2021, com fabricação na Argentina e que conviverá aqui com o modelo atual. O hatch compacto premium segue em testes de adaptação ao nosso mercado e uma unidade camuflada foi fotografada por Rennie Lazo, de Aparecida do Taboado (MS).

Apesar do disfarce, as linhas visíveis do vidro traseiro, das janelas laterais e das lanternas dão certeza que se trata do novo 208.

Na atualização, o hatch foi totalmente redesenhado, exibindo dianteira em consonância com a identidade visual de lançamentos recentes da marca francesa. Os faróis, por exemplo, trazem assinatura de LEDs formada por três faixas nas extremidades, sendo que uma delas "avança" em prolongamento no para-choque. O efeito foi batizado pela fabricante como "dentes de sabre".

A frente lembra bastante os SUVs 3008 e 2008, este último na versão europeia, recentemente lançada. Visto de perfil, lembra a primeira geração do Audi A1.

Feito sobre nova plataforma modular, o novo 208 ficou até 30 kg mais leve, de acordo com a Peugeot, graças ao uso de materiais como aços de alta resistência. A fabricante também afirma que a nova base, a ser usada em outros modelos da marca, também oferece menos vibrações e maior rigidez torcional.

Além disso, o hatch ganhou inédita versão 100% elétrica, com cerca de 136 cv de potência e 26,5 kgfm de torque instantâneo, com três modos de condução e promessa de aproximadamente 45 0 km de autonomia.

Também há opções com motor a combustão interna: 1.2 turbo com até 130 cv e 1.5 turbodiesel de 100 cv, gerenciados por câmbio manual de seis marchas ou automático de oito velocidades. Ainda não é conhecida a configuração a ser disponibilizada aqui.

Por fim, o novo 208 também vai incorporar tecnologias de assistência e condução semiautônoma até então disponíveis em modelos maiores e mais caros, como controle de velocidade de cruzeiro adaptativo, frenagem automática de emergência, alerta de ponto cego e leitor de placas de trânsito.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.

Mais Notícias