Topo

Narcotraficante mexicano El Chapo é condenado à prisão perpétua

17/07/2019 11h44

O mexicano Joaquin Guzman, conhecido como El Chapo, foi condenado nos Estados Unidos à prisão perpétua. Os advogados do narcotraficante, considerado o mais poderoso desde o fim da era de Pablo Escobar, já avisaram que vão recorrer da decisão.

O mexicano Joaquin Guzman, conhecido como El Chapo, foi condenado nos Estados Unidos à prisão perpétua. Os advogados do narcotraficante, considerado o mais poderoso desde o fim da era de Pablo Escobar, já avisaram que vão recorrer da decisão.

O chefe do cartel Sinaloa vai terminar a vida atrás das grades. Além da pena de prisão perpétua, anunciada pelo juiz Brian Cogan, do tribunal federal do Brooklyn, em Nova York nesta quarta-feira (17), ele também foi condenado a 30 anos de detenção suplementar.

Em fevereiro, o narcotraficante de 62 anos já havia sido considerado culpado por ter orquestrado a entrada no Estados Unidos de toneladas de cocaína, heroína e maconha. O cartel dirigido por El Chapo era das organizações criminosas mais violentas do México.

O mexicano chegou a escapar duas vezes de prisões de vigilância máxima no México, antes de ser capturado e extraditado para os Estados Unidos, em janeiro de 2017. Desde então, ele é mantido em um regime de isolamento no Metropolitan

Correctional Center. Ao ser colocado na casa de detenção, conhecida como uma "fortaleza" é, o narcotraficante disse que as condições de prisão eram uma forma de "tortura psicológica" e que era vítima de um "tratamento cruel e desumano".

Mais Notícias