Topo

Eletricidade é restabelecida aos poucos após novo apagão na Venezuela

2019-03-25T20:50:00

25/03/2019 20h50

Caracas, 25 Mar 2019 (AFP) - O fornecimento de energia elétrica na Venezuela está sendo restabelecido progressivamente após um novo apagão que deixou sem luz nesta segunda-feira Caracas e pelo menos 17 dos 23 estados do país.

Cerca de três horas após a interrupção, o serviço começou ser normalizado em diferentes áreas da capital venezuelana, constataram jornalistas da AFP.

Semáforos e a iluminação pública voltaram a funcionar e, no início da noite, nos edifícios residenciais era possível ver lâmpadas acesas.

Através das redes sociais, moradores de estados do centro do país, como Miranda, Carabobo e Aragua, informaram que havia luz nessas localidades.

Já outras regiões do país continuavam às escuras, segundo depoimentos postados na internet.

Ao denunciar que este apagão era um novo "ataque ao centro de armazenamento e transmissão do nosso sistema elétrico nacional", especificamente na central hidroelétrica de Guri (estado de Bolívar, no sul), o ministro da Comunicação, Jorge Rodríguez, garantiu que em "tempo recorde" o serviço seria normalizado em "todo território nacional".

Esta nova interrupção no fornecimento de eletricidade acontece 18 dias após uma gigantesca falha no serviço ter paralisado o país durante uma semana. O governo de Nicolás Maduro, em seguida, acusou os Estados Unidos por "ataques cibernéticos" contra a principal usina hidrelétrica do país, com o apoio da oposição.

A queda de energia se tornou comum na Venezuela. O governo denuncia constantes sabotagens, enquanto especialistas consideram que a crise se deve à falta de investimento em infraestrutura e manutenção, além dos casos de corrupção.

erc/axm/yow/lca/cc

Mais Notícias