PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

FMI pretende distribuir reservas de SDR neste verão, diz autoridade do Fundo

12/04/2021 14h15

Por David Lawder

WASHINGTON (Reuters) - O Fundo Monetário Internacional (FMI) tem como meta distribuir uma alocação de 650 bilhões de dólares em reservas monetárias de Direitos Especiais de Saque (SDR, na sigla em inglês) aos países-membros neste verão, disse o vice-diretor-gerente do FMI, Geoffrey Okamoto, nesta segunda-feira.

Okamoto afirmou a repórteres após as reuniões de primavera do FMI e do Banco Mundial que a alocação, apoiada na semana passada pelos países do G20, ajudará especialmente os países de renda média que precisam refinanciar dívidas em meio a condições financeiras potencialmente mais restritivas.

"O objetivo seria fazer essa alocação em algum momento neste verão (do Hemisfério Norte). Espero que seja no início do verão", disse Okamoto, número 2 do FMI.

Ele acrescentou que o corpo técnico do FMI estava "bastante motivado" para preparar o plano de SDR para a aprovação pelo conselho da organização nos próximos meses.

Okamoto disse que os SDRs agiriam como "um seguro contra o aperto das condições financeiras" para os países de renda média, que enfrentam o maior volume de necessidades de refinanciamento da dívida no próximo ano.

O Fundo tem alertado que uma recuperação mais rápida pode levar a um aumento nas taxas de juros, o que pode causar saída de recursos em mercados emergentes, exacerbando os problemas de dívida relacionados à pandemia.

Notícias