PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

Campo Grande chega a 93% de ocupação para leitos de UTI-covid

Pixabay
Imagem: Pixabay
do UOL

Daniel César

Colaboração para o UOL, em Pereira Barreto (SP)

28/02/2021 20h17

Os hospitais de Campo Grande atingiram hoje 93% de ocupação para leitos de UTI exclusivos para coronavírus na cidade. Os números são oficiais e da plataforma Mais Saúde, criada pelo Governo do Estado.

Principal referência no tratamento aos pacientes com a covid-19 no estado, o Hospital Regional de Mato Grosso do Sul (HRMS) está com ocupação de UTIs em 100% destinadas às pessoas contaminadas com a doença. Duas alas que estavam vazias ficaram lotadas em apenas duas horas.

A equipe da unidade precisou transferir pacientes em estado considerados menos graves para outros hospitais de Campo Grande. O que acabou influenciando para que a taxa de ocupação no município aumentasse.

O aumento de leitos de UTI voltados para covid-19 em Campo Grande acontece no momento em que o estado vem aumentando a fiscalização e as normas para evitar aglomerações.

O estado do Mato Grosso do Sul está com toque de recolher desde dezembro do ano passado e, mais recentemente, a validade é das 23h até às 5h em todos os municípios. As restrições vêm ocorrendo também em outros estados e há cidades do país que estão adotando "lockdown" para evitar aglomerações e entradas e saídas de moradores e turistas.

Hoje, Campo Grande registrou 275 casos e confirmou 6 óbitos. Ao todo, a capital do estado anotou 74.952 e contabilizou 1.463. A média móvel está em 247,71 - maior índice em um mês. No Estado, a Secretaria de Saúde anotou 181.528 pessoas contaminadas e 3.319 mortas pela doença. Os dados são do SUS Analítico.

Notícias