PUBLICIDADE
Topo

França antecipa obrigatoriedade do uso de máscaras em locais fechados

16/07/2020 13h40

Paris, 16 jul (EFE).- A obrigação de usar uma máscara em locais fechados para impedir a transmissão do novo coronavírus na França entrará em vigor já na próxima semana, antes da previsão inicial, como anunciou nesta quinta-feira o primeiro-ministro Jean Castex.

Em uma audiência no Senado para explicar seu programa governamental, Castex justificou a aceleração da medida na necessidade de sua implementação o mais rápido possível.

Um dia antes, antes da Assembleia Nacional, o próprio premier havia estabelecido o prazo de 1º de agosto para a entrada em vigor da obrigação, ordenada pelo presidente Emmanuel Macron, em uma entrevista concedida por ocasião do feriado nacional de 14 de julho.

Castex afirmou que o governo precisa acelerar a adoção dessa medida e que a data de 1º de agosto "parece atrasada".

"O decreto entrará em vigor na próxima semana", disse o primeiro-ministro aos senadores, uma câmara em que o partido de Macron não tem maioria.

O presidente disse na última terça-feira que a circulação voltou a aumentar no país, e pediu ao governo que force o uso de máscaras em locais públicos fechados.

A França registra alguns surtos da epidemia, particularmente no departamento de Mayenne, no noroeste do país, onde a taxa de 50 infecções por 100 mil habitantes foi excedida.

A delegação do governo implementou o uso obrigatório das máscaras em todos os locais fechados em seis municípios do departamento, ao mesmo tempo iniciou uma campanha de teste para tentar isolar os surtos.

Por esse motivo, as autoridades departamentais impuseram a obrigação imediata de usar máscara em locais públicos fechados, sem esperar que essa norma fosse implementada em todo o país.

Notícias