PUBLICIDADE
Topo

LED ilumina melhor e dura mais; veja dicas para colocar na sua moto

Mania nas motos novas, sistema de iluminação também pode ser adaptado em modelos antigos; veja como  - Divulgação/Philips
Mania nas motos novas, sistema de iluminação também pode ser adaptado em modelos antigos; veja como Imagem: Divulgação/Philips
Arthur Caldeira

Arthur Caldeira, jornalista e motociclista (necessariamente nessa ordem) fundador da Agência INFOMOTO. Mesmo cansado de ouvir que é "louco", anda de moto todos os dias no caótico trânsito de São Paulo.

do UOL

Colunista do UOL

28/06/2020 04h00

De uns tempos para cá, o sistema de iluminação por LED popularizou-se nas motocicletas novas. Antes presente apenas em modelos maiores e luxuosos, o LED agora aparece no farol de motos como a Yamaha Lander 250 e até do scooter Elite de 125 cc.

A opção pelo LED nas motos atuais não é apenas estética. Em comparação com as lâmpadas halógenas, que equipam as motos mais antigas, os LEDs iluminam melhor. Segundo a Philips, a lâmpada de LED pode proporcionar até 130% mais visibilidade quando comparada com as halógenas convencionais e traz luz branca, com temperatura de cor de 6.000 K, que ilumina melhor.

O LED também dura mais. A tecnologia usa chips de material semicondutor sólido de alta tecnologia no lugar do filamento das lâmpadas halógenas e, por isso, não sofre rupturas, geralmente causadas pela trepidação constante das motos.

Mas você não precisa comprar uma moto zero quilômetro para "atualizar" o farol da sua. Hoje, existem no mercado "lâmpadas" de LED que podem ser adaptadas nas motos usadas. E, diferentemente, do xênon, o LED não é proibido por lei.

LED luz branca - Divulgação/Philips - Divulgação/Philips
Segundo a Philips, uma lâmpada de LED ilumina 130% a mais do que as halógenas convencionais
Imagem: Divulgação/Philips
A troca da halógena original de fábrica para a tecnologia LED não requer adaptações elétricas, mas é preciso tomar alguns cuidados na hora de escolher uma lâmpada em LED para sua motocicleta. Confira dicas para dar uma "atualizada" no farol da sua moto e também rodar com mais segurança.

LED de qualidade

Existem diversos modelos de lâmpadas de LED com preços que variam bastante. Prefira LED de marcas reconhecidas, como Philips e Osram. Embora sejam mais caras, possuem tecnologia para evitar o superaquecimento do componente, que causa perda do poder de iluminação e reduz a durabilidade. Fique atento também se o item oferece resistência à água e poeira (certificação IP65) e à vibração.

Outro fator importante é que as lâmpadas mais sofisticadas, como a Philips Moto LED, por exemplo, têm tecnologia que projeta luz nos pontos estratégicos e respeita a linha de corte para não ofuscar a visão de quem trafega no sentido contrário. A linha de corte da projeção de luz é determinada por normas internacionais e pela Resolução 227 do Contran.

Encaixe e corrente elétrica

Outro detalhe que precisa de atenção é quanto ao encaixe do LED. Existem diversos tipos: HS1, H4, H7. Antes de comprar a lâmpada verifique no manual do proprietário qual o encaixe no farol da sua moto.

Lâmpada de LED - Divulgação - Divulgação
LED dura mais: chip de material semicondutor sólido não se rompe como o filamento das lâmpadas comuns
Imagem: Divulgação
É importante também saber qual o tipo da corrente elétrica: alternada, quando acionada pela energia do alternador, ou corrente contínua, quando é alimentada pela bateria. Também escolha um LED que tenha a mesma voltagem do farol da sua moto, que geralmente é de 12V.

Não é proibido?

Ao contrário de outras tecnologias como o xênon por exemplo, a substituição do LED está prevista em resolução do Contran e, por isso, é permitido em substituição às halógenas convencionais. Mas é preciso que o motociclista faça a adequação no documento do veículo, no Ciretran ou Detran da sua cidade.

Embora nem todos os motociclistas façam o processo, a adequação no documento verifica justamente a projeção de luz dos faróis nos pontos estratégicos e a linha de corte. Lâmpadas de LED mais caras e sofisticadas atendem aos requisitos técnicos, respeitando a linha de corte em harmonia com o conjunto ótico da moto.

Notícias