PUBLICIDADE
Topo

Ciberpolícia do Irã prende 24 pessoas por rumores sobre coronavírus

Mulher usa máscara facial para se proteger do novo coronavírus - Getty Images via BBC
Mulher usa máscara facial para se proteger do novo coronavírus Imagem: Getty Images via BBC

Em Teerã

26/02/2020 16h48

A polícia iraniana dedicada a crimes cibernéticos prendeu 24 pessoas acusadas de propagar rumores sobre o surto do novo coronavírus no país, informou hoje a agência semioficial de notícias ISNA.

A República Islâmica tenta conter a epidemia, que deixou 19 mortos do total de 139 pessoas infectadas em todo país, segundo dados oficiais.

De acordo com o diretor da unidade de Ciberpolícia iraniana, Vahid Majid, "24 pessoas foram detidas e entregues à Justiça e 118 usuários (de internet) receberam advertências".

As detenções se deram após a criação de uma unidade para "combater a propagação de falsos rumores sobre a epidemia do coronavírus no país", afirmou Majid, citado pela agência.

"A polícia está supervisionando todas as notícias publicadas no ciberespaço do país", acrescentou.

Majid afirmou que a unidade atuará contra notícias, fotos ou vídeos que "contenham rumores ou notícias falsas que afetem a ordem pública ou gerem alarme social".

O que é uma pandemia e por que o atual surto de coronavírus ainda não é

BBC Brasil

Notícias