PUBLICIDADE
Topo

Cid Gomes disse não sentiu os tiros e que não está arrependido

Cid Gomes grava vídeo para agradecer equipe médica do Hospital do Coração de Sobral - Reprodução/Instagram
Cid Gomes grava vídeo para agradecer equipe médica do Hospital do Coração de Sobral Imagem: Reprodução/Instagram
do UOL

Do UOL, em São Paulo

21/02/2020 22h37

O senador Cid Gomes (PDT-CE) ainda está internado no Hospital Monte Klinikum, em Fortaleza, mas já está recebendo visitas desde ontem.

Uma dessas visitas foi a do deputado federal Túlio Gadelha (PDT-PE). O deputado contou à coluna de Guilherme Amado que o senador não teria sentido os tiros no momento em que foi alvejado.

"Ele disse que só percebeu que levou um tiro quando viu que estava sangrando e o avisaram que ele tinha sido baleado", contou o deputado.
Segundo Gadelha, Cid também afirmou que não está arrependido de sua atitude.

Na última quarta-feira, Cid tentou furar um motim de policiais militares quando levou dois tiros na região do peito. De acordo com o boletim médico ele está tratando uma lesão pulmonar e tomando antibióticos.

"Cid estava muito forte para alguém que levou dois tiros no peito. Conversava normalmente para alguém que teve uma bala que passou perto do coração e outra que ficou alojada na parede do pulmão", afirmou Gadelha.

Notícias