PUBLICIDADE
Topo

Com forte chuva, SP tem 29 quedas de árvores e 12 alagamentos

Forte na região da avenida Roberto Marinho - Renato S. Cerqueira/Futura Press/Estadão Conteúdo
Forte na região da avenida Roberto Marinho Imagem: Renato S. Cerqueira/Futura Press/Estadão Conteúdo
do UOL

Luís Adorno

Do UOL, em São Paulo

14/12/2019 17h00Atualizada em 15/12/2019 12h11

A forte chuva que atingiu a cidade de São Paulo na tarde de hoje ocasionou, num período de pouco mais de duas horas, a queda de, pelo menos, 29 árvores, segundo o Corpo de Bombeiros. Entre 15h30 e 17h55, além das quedas das árvores, os bombeiros identificaram 12 pontos de alagamento.

Segundo o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências), da prefeitura de São Paulo, a cidade inteira chegou a ficar em estado de atenção, mas no início da noite todas as áreas já não corriam mais riscos.

O CGE sugere medidas consideradas simples, mas que podem amenizar os efeitos dos alagamentos, como evitar transitar em ruas alagadas, não enfrentar correntezas, permanecer em locais seguros e manter-se longe da rede elétrica e debaixo de árvores.

Para os próximos dias, a previsão é de que o tempo permaneça abafado, com sol entre nuvens e chuvas na forma de pancadas no final das tardes.

Amanhã há previsão de sol entre nuvens e temperaturas em elevação no decorrer do dia. Os termômetros variam entre mínimas de 19ºC e máximas que podem chegar aos 30ºC. No final da tarde a nebulosidade aumenta e deve ocorrer pancadas de chuva.

Na segunda-feira (16), o sol predomina e favorece a rápida elevação das temperaturas. As mínimas oscilam em torno dos 20°C, enquanto as máximas podem superar os 32°C. O calor e a chegada da brisa marítima devem provocar pancadas de chuva entre o final da tarde e o início da noite.

Notícias