Topo

Como trocar filtro do ar-condicionado e por que é tão importante para saúde

Thais Roland/UOL
Imagem: Thais Roland/UOL
Thais Roland

Thais Roland é técnica em Manutenção Automotiva e apaixonada pela graxa. Com seu canal no YouTube 'Coisa de Meninos Nada', busca informar, orientar e dar suporte em relação a dúvidas e neuras sobre o mundo dos carros

do UOL

Colaboração para o UOL

19/11/2019 04h00

Em post anterior, comentei por aqui sobre a importância do filtro de ar do carro e destaquei que negligenciar essa manutenção faz seu carro "respirar mal" e consumir mais combustível. Mas e quanto ao ar que você respira dentro da cabine?

Quem tem ar-condicionado no carro precisa se preocupar, e muito, com o filtro de cabine - ou filtro do ar-condicionado. Mas não são os únicos. Muitos carros que contam apenas com circulação de ar possuem esse filtro e ele precisa ser trocado de tempos em tempos.

Além disso, tem carro que sai da fábrica equipado com ar-condicionado, mas sem o filtro. Sim, sem o filtro! E é mega importante colocá-lo. Imagino que ninguém esteja afim de respirar penas de pombas, perninhas de baratas ou até coisa pior, né? E acreditem: tem coisa muito pior que o filtro segura.

Atualmente existe uma infinidade de opções de filtros de cabine no mercado de reposição, mas é bem legal prestar atenção se o que você está comprando é bactericida ou tem carvão ativado.

Aproveite e faça uma higienização no sistema, que também vai matar bichinhos e deixar um cheirinho gostoso no carro quando você ligar o ar.

Como efetuar a troca do filtro do ar-condicionado

É fácil trocar esse filtro, Thais? Posso fazer na minha garagem? Em alguns carros é ridiculamente fácil, em outros absurdamente difícil. Você precisará olhar no manual do proprietário e avaliar o nível de dificuldade.

No vídeo abaixo eu troco o filtro de um Fox, que considero de nível de dificuldade baixo - apenas é incômodo ter que trabalhar debaixo do painel do carro.

Muitos fabricantes colocam, na caixa do produto, os prováveis locais onde o filtro pode estar. Mas, para ter certeza, só no manual mesmo.

Thais Roland/UOL
Imagem: Thais Roland/UOL

Já a higienização não tem mistério algum, como mostra o vídeo abaixo. Mas é claro que essa é uma higienização caseira, boa, mas menos eficiente do que a que é feita nas oficinas especializadas em ar-condicionado automotivo.

Em geral os manuais recomendam que essa manutenção seja feita a cada seis meses. Eu, que tenho asma desde a encarnação passada, faço a cada quatro meses. O importante é não deixar passar muito tempo, pois é um item que diz respeito à sua saúde e a de quem anda no carro com você.

Notícias