Topo

Itália resgata 58 migrantes e autoriza desembarque

22/09/2019 12h01

CROTONE, 22 SET (ANSA) - Cinquenta e oito migrantes, de nacionalidade paquistanesa, foram resgatados pela Guarda de Finanças da Itália e levados ao porto de Crotone na madrugada deste domingo (22). Os migrantes - todos homens, entre eles um menor de idade - estavam a bordo de um veleiro interceptado na costa da Calábria.   

A embarcação foi escoltada por uma unidade da seção naval de Vibo Valentia até o porto de Crotone, onde as operações de desembarque foram coordenadas pela prefeitura da cidade depois das 2h da madrugada (horário local).   

Pelo menos 118 agentes examinaram as condições de saúde dos migrantes. A Cruz Vermelha da Itália, por sua vez, ficou responsável pela recepção e transferência do grupo para o centro regional de Sant'Anna da Ilha de Capo Rizzuto. Este é o quinto desembarque de migrantes autorizado em menos de um mês nas costas de Crotone. Segundo dados do Ministério do Interior da Itália, o país registrou pela primeira vez em 2019 um crescimento mensal no número de migrantes forçados que desembarcaram em seus portos. Ao todo, a Itália acolheu 1,2 mil pessoas nos primeiros 17 dias de setembro, uma alta de 26,7% na comparação com as 947 do mesmo mês inteiro do ano passado. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Mais Notícias