Topo

Hidrelétrica de Sinop tem autorização para iniciar operação comercial

17/09/2019 09h04

SÃO PAULO (Reuters) - A hidrelétrica de Sinop, no Mato Grosso, recebeu autorização para iniciar operação comercial a partir desta terça-feira, segundo despacho da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) publicado no Diário Oficial da União.

O empreendimento, que tem como sócios a francesa EDF e as estatais Eletronorte e Chesf, da Eletrobras , recebeu cerca de 3,3 bilhões de reais em investimentos, de acordo com informações do site da Sinop Energia, empresa criada para tocar o projeto.

O início da geração de energia em caráter comercial na usina no rio Teles Pires será com a unidade geradora UG 02, de 200,9 megawatts em capacidade. A hidrelétrica terá um total de 401,8 megawatts quando concluída, com a entrada de mais uma turbina em funcionamento.

A concessão do empreendimento foi licitada pelo governo federal em 2013.

Na ocasião, a Eletrobras venceu a disputa pela concessão em parceria com a privada Alupar, mas a empresa desistiu logo após o leilão, o que levou a estatal a posteriormente buscar um novo sócio e fechar negócio com a EDF.

A usina no Mato Grosso recebeu financiamento de 1,05 bilhão de reais do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

(Por Luciano Costa)

Mais Notícias