PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Cris Duclos, VP da Electrolux: Cozinhar virou entretenimento na pandemia

do UOL

Renato Pezzotti

Colaboração para o UOL, em São Paulo

29/10/2020 04h01

A casa se tornou o centro do universo durante a pandemia. As compras nas lojas migraram para o mundo digital. O quanto isso alterou a comunicação da Electrolux? Para falar sobre o tema, o podcast Mídia e Marketing desta semana recebeu Cris Duclos, vice-presidente de marketing da Electrolux para América Latina (ouça a entrevista completa no arquivo acima).

A executiva também fala sobre a nova forma de se fazer publicidade, que pede novas habilidades dos profissionais, explica como é o trabalho da marca com influenciadores e comenta campanhas recentes que buscam romper com o estereótipo de que "cozinha é lugar de mulher".

"Cozinhar virou entretenimento durante a pandemia. As pessoas passaram a ter uma relação mais próxima com os eletrodomésticos. A casa virou academia, local de trabalho, restaurante e lugar de entretenimento", diz a executiva (no arquivo acima, este trecho está a partir de 3:02).

Sobre a "nova publicidade", Cris é enfática. "Continuamos precisando ter boas pessoas para entender os insights do consumidor, ter bons contadores de histórias, mas agora precisamos de pessoas de dados e tecnologias. Precisamos disso para ter um modelo mais assertivo, mais integrado. Tudo funciona como uma engrenagem", afirma (a partir de 15:15).

"Não basta vender produto. Importa muito que valores você leva para a sociedade. É muito mais desafiador. Não basta ser criativo: tem que ser inteligente, usar os dados, tem que ter verdade e tem que ter impacto na sociedade" (a partir de 18:20).

Cris ainda comenta sobre uma campanha recente da Continental, que usou o Dia Internacional da Igualdade Feminina para atualizar "pré-conceitos" de gênero e refletir sobre estereótipos femininos.

"Pegamos dados históricos e fizemos uma campanha específica, que teve uma repercussão genuína na imprensa e entre influenciadores. Quando o tema é verdadeiro, repercute muito bem", afirma (a partir de 23:07).

Notícias